Com ajuda de Renato Augusto, Timão quase fechou com lateral do Bayern

Com ajuda de Renato Augusto, Timão quase fechou com lateral do Bayern

Por Meu Timão

Em 2013, Renato Augusto tentou convencer Rafinha a trocar o Bayern pelo Corinthians

Em 2013, Renato Augusto tentou convencer Rafinha a trocar o Bayern pelo Corinthians

Foto: Divulgação

Além de ser um dos principais jogadores do Timão dentro de campo, Renato Augusto esteve perto de “contratar” um reforço – ou quase isso. No final de 2013, o meia foi o responsável por convencer Rafinha, do Bayern de Munique, a se transferir para o Corinthians, recém-campeão mundial.

“Eu tentei trazê-lo pro Corinthians. Cheguei a falar com ele, o Edu (Gaspar, gerente de futebol) tinha falado: ‘Conversa com ele’. Conversei, falei: ‘Olha, tá tudo certo’. Aí o Guardiola (técnico do Bayern) o chamou e falou assim: ‘Você não vai embora. Senta aqui, vamos te dar um novo contrato e você fica aqui’. Ele era o cara do vestiário, que motivava o grupo, um cara muito importante. Então não deixaram ele sair”, revelou Renato Augusto, em entrevista ao canal Desimpedidos.

Na época, o lateral brasileiro confirmou o interesso do Timão, mas preferiu continuar no Velho Continente e renovou seu contrato até junho de 2017. “Eu e minha família tomamos a decisão que era melhor ficar mais um período na Europa e depois voltar ao Brasil. E quero agradecer. Quem sabe, não deu dessa vez, mas futuramente possa acontecer. Fico feliz de ter o interesse de um clube tão grande como o Corinthians”, declarou ao portal GloboEsporte.com.

Recentemente, uma decisão de Rafinha causou polêmica nos noticiários esportivos ao redor do mundo. Chamado por Dunga para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o jogador decidiu abrir mão da Seleção Brasileira e acabou desconvocado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

“Eu não crucifico o lado dele, ele tem que ver o que é melhor pra ele. O Philipp Lahm (lateral-direito) deu uma entrevista falando que ele (Rafinha) poderia ser o sucessor dele. Na Alemanha, disseram que ele só foi convocado porque o Philipp Lahm deu essa entrevista. Ele é um cara de grupo, todos do Bayern de Munique gostam dele”, completou Renato.

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes