Treinador gaúcho faz elogios a Tite

Treinador gaúcho faz elogios a Tite

Por Meu Timão

7.7 mil visualizações 54 comentários Comunicar erro

Para o aprendiz Roger Machado, Tite foi o melhor técnico com quem trabalhou

Para o aprendiz Roger Machado, Tite foi o melhor técnico com quem trabalhou

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Ex-lateral-esquerdo, Roger Machado não teve dúvidas ao eleger Tite como o melhor treinador de sua carreira. Atual técnico do Grêmio, o ex-jogador de futebol rendeu elogios ao comandante corinthiano, que dirigiu a equipe gaúcha ao título da Copa do Brasil, em 2001, justamente sobre o Timão.

“Eu trabalhei com ele em 2001, 2002 e 2003. E o Tite foi o primeiro a me dar o disquete, que eu tenho até hoje. Hoje cabe 50 vezes mais num pendrive (risos)”, relembrou Roger, em entrevista ao programa “Bola da Vez”, da ESPN Brasil.

“Foi um período que eu passei oito meses machucado e, no retorno, muitos jogos no banco. Eu passei a perceber muito essas nuances e talvez ele tenha percebido que eu me animava por essas questões táticas. Aí passou a me estimular em relação a isso, em muitos momentos nós trocamos conversas e idéias relacionadas a eventos que aconteceram dentro do jogo”, explicou.

Campeão brasileiro e vice-campeão paulista pelo Guarani, Tite teve de encerrar a carreira de jogador aos 28 anos, após uma série de contusões no joelho. Após concluir a faculdade de Educação Física na PUC (Pontifícia Universidade Católica) de Campinas, iniciou a carreira como treinador e ganhou destaque ao conquistar o Campeonato Gaúcho de 2000 pelo Caxias.

Na temporada seguinte, Tite foi chamado para comandar o Grêmio, formada pelo ex-lateral-esquerdo Roger Machado. Em sua primeira passagem pelo time de Porto Alegre, levantou dois troféus: o do Campeonato Gaúcho, sobre o Juventude, e o da Copa do Brasil, contra o Corinthians.

“Ele tinha uma visão de fora e o atleta dentro de campo, agente da situação, tem uma visão diferente, mais sistêmica. A condução dele no trato com os jogadores, a gestão dele de grupo, a metodologia, ele já era um cara à frente do tempo em 2000, e ele continua se atualizando para se permanecer à frente”, completou.

Às vésperas da partida do Timão diante do Grêmio, no início de setembro, o técnico Tite falou sobre o aprendiz. Tenho por ele, e por todos os atletas que foram leais comigo, uma gratidão muito grande. O Roger foi um destes símbolos, não só pela conduta como pessoa, mas também profissional”, afirmou o corinthiano.

Veja Mais:

  • Pedrinho (à frente) será titular nesta quarta-feira; Jonathas, opção no banco

    Loss define escalação do Corinthians para decisão contra Chapecoense, mas pode ter baixa

    ver detalhes
  • Daniel Marcos assinou seu primeiro contrato profissional com o Corinthians

    Ex-Palmeiras, lateral-direito de 16 anos assina contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Clayson pode se tornar desfalque no Corinthians; Loss já tem em mente prováveis substitutos

    Loss explica situação de Clayson, pede calma com Jonathas e exalta atuação de Araos

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Duílio Monteiro participaram do programa Papo Reto desta semana

    Andrés revela 'chapéu' do Real Madrid, e Duílio explica garimpo do Corinthians no mercado da bola

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes