Depois de autoelogio, números provam superioridade individual de Cássio

Depois de autoelogio, números provam superioridade individual de Cássio

Por Meu Timão

Cássio esteve em 27 dos 29 jogos do Brasileirão

Cássio esteve em 27 dos 29 jogos do Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Sustentando a melhor defesa do Campeonato Brasileiro, pelo Corinthians, na última quinta-feira, o goleiro Cássio, deixando a modéstia de lado, se autoafirmou como o melhor goleiro da competição nacional.

Depois dessa afirmação, o MEU TIMÃO resolveu comparar o goleiro do Timão aos arqueiros dos dez primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Como o esperado, os números comprovam a superioridade individual de Cássio.

Das 29 partidas já disputadas no Brasileirão deste ano, Cássio entrou em campo em 27 e, nelas, realizou 84 defesas. Se comparado aos números dos dez primeiros colocados do torneio, a marca é alta, ficando atrás somente de Marcelo Lomba, da Ponte Preta, e do ex-Timão Danilo Fernandes, hoje defendendo o Sport. O goleiro pontepretano, porém, para chegar às 109 defesas do campeonato, entrou em campo em 29 jogos, dois a mais que Cássio. Danilo Fernandes, por sua vez, fez o mesmo número que duelos que o arqueiro alvinegro.

O segundo colocado da competição, Atlético-MG, conta com Victor à frente de seu gol. Apesar de já ter feito 29 partidas, duas a mais que Cássio, o jogador do clube mineiro acumula o mesmo número de defesas que o corinthiano.

No decorrer do Campeonato Brasileiro, Cássio sofreu somente 24 gols. Quando comparado aos primeiros dez colocados, a contagem pode parecer acima dos demais, porém, é muito mais vantajosa quando levada em consideração à quantidade de partidas de cada goleiro por sua respectiva equipe. Por exemplo, Marcelo Grohe, do Grêmio, sofreu apenas 11 tentos, mas entrou em campo em 17 confrontos, dez a menos que Cássio.

O goleiro do Timão chegou a ficar 11 rodadas sem sofrer nenhum gol, e este número não foi batido por nenhum adversário do campeonato. Quem chegou mais próximo foi Rogério Ceni, com dez partidas sem levar gols. No entanto, o goleiro do São Paulo realizou sete jogos a menos que Cássio.

Confira os números dos goleiros dos dez primeiros colocados do Brasileirão

Jogos no Brasileirão/Defesas

1º: Corinthians - Cássio: 27/84
2º: Atlético-MG - Victor: 29/84
3º: Grêmio - Marcelo Grohe: 17/54
4º: Santos - Vanderlei: 20/53
5º: São Paulo - Rogério Ceni: 20/48
6º: Palmeiras - Fernando Prass: 29/72
7º: Flamengo - Paulo Victor: 16/35
8º: Internacional - Alisson: 19/63
9º: Ponte Preta - Marcelo Lomba: 29/109
10º: Sport - Danilo Fernandes: 27/97

Jogos no Brasileirão/Gols sofridos

1º: Corinthians - Cássio: 27/24
2º: Atlético-MG - Victor: 29/30
3º: Grêmio - Marcelo Grohe: 17/11
4º: Santos - Vanderlei: 20/23
5º: São Paulo - Rogério Ceni: 20/18
6º: Palmeiras - Fernando Prass: 29/36
7º: Flamengo - Paulo Victor: 16/22
8º: Internacional - Alisson: 19/20
9º: Ponte Preta - Marcelo Lomba: 29/33
10º: Sport - Danilo Fernandes: 27/28

Jogos no Brasileirão/Jogos sem sofrer gols

1º: Corinthians - Cássio: 27/11
2º: Atlético-MG - Victor: 29/9
3º: Grêmio - Marcelo Grohe: 17/8
4º: Santos - Vanderlei: 20/8
5º: São Paulo - Rogério Ceni: 20/10
6º: Palmeiras - Fernando Prass: 29/8
7º: Flamengo - Paulo Victor: 16/5
8º: Internacional - Alisson: 19/9
9º: Ponte Preta - Marcelo Lomba: 29/9
10º: Sport - Danilo Fernandes: 27/9

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes