Para técnico do Santos, campanha do Corinthians tem 'ajuda' do calendário

Para técnico do Santos, campanha do Corinthians tem 'ajuda' do calendário

Por Meu Timão

Dorival citou Corinthians de maneira infeliz em entrevista nessa semana

Dorival citou Corinthians de maneira infeliz em entrevista nessa semana

Foto: Divulgação / Santos Futebol Clube

O Santos enfrenta o São Paulo nesta quarta-feira pela Copa do Brasil, competição que o Corinthians não participa mais. Porém, mesmo assim, o Timão foi assunto em uma das entrevistas do técnico Dorival Júnior antes da partida.

Para criticar o calendário do futebol brasileiro, que faz com que o Santos jogue quinta, domingo e quarta, na sequência, o treinador usou o Corinthians como exemplo. Segundo ele, o Timão estaria fazendo jogos melhores por ter apenas uma partida por semana.

"(A mudança vem) principalmente, com a diminuição da quantidade dos jogos. Se não acontecer, vamos continuar vendo a quantidade de jogos, mas não a qualidade. Vemos o Corinthians, depois que saiu da Copa do Brasil, fazendo jogos muitos bons em todas as semanas, porque não tem jogado no meio das semanas. Jogamos com o Grêmio quinta-feira em Porto Alegre, chegamos sexta, saíamos 10h30 da manhã. Você acha que uma equipe se recupera para jogar domingo? Fizemos um primeiro tempo fantástico. No segundo, visivelmente nos sentimos o ritmo", declarou o técnico, em participação no programa Seleção SporTV.

O que o técnico do time da Baixada Santista parece esquecer é que, apesar de não estar mais na Copa do Brasil, o Corinthians tem lidado com outros fatores que poderiam estar prejudicando o seu futebol - mas não estão.

Atualmente, o elenco alvinegro possui cinco jogadores no departamento médico, sendo dois deles considerados titulares incontestáveis. Os laterais Fagner e Uendel ainda não retornam ao time. Além deles, o volante Bruno Henrique e os atacantes Rildo e Luciano também estão se recuperando. O último, aliás, só volta ao futebol em 2016.

Além dos desfalques por lesões, durante a parada para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o Corinthians foi o time brasileiro que mais "perdeu" jogadores. Elias, Renato Augusto e Gil não participaram dos treinamentos durante mais de uma semana e Elias foi desfalque no jogo de volta, contra o Goiás, por não ter condições físicas.

O Corinthians, porém, a despeito das críticas dos rivais, superou todos os problemas e segue liderando a competição, com o melhor ataque, a melhor defesa e muito próximo de se garantir matematicamente na Copa Libertadores da América de 2016.

Veja Mais:

  • Jô demonstrou desconforto durante viagem à Argentina

    Após polêmica, Jô demonstra forte abatimento; veja relato da viagem do Corinthians à Argentina

    ver detalhes
  • Romero conversou com a imprensa estrangeira no aeroporto da Argentina

    Com assédio a Romero e Cássio, delegação do Corinthians desembarca em Buenos Aires

    ver detalhes
  • Romero não marca há exatos 100 dias pelo Corinthians

    Idolatrado pela Fiel na Arena Corinthians, Romero completa exatos 100 dias sem gol

    ver detalhes
  • Jô marcou o único gol da vitória do Timão sobre o Vasco

    Falar a verdade ou assegurar vitória do Corinthians? Fiel vota no que faria se bola pegasse no braço

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes