Corinthians pede adiamento e recebe apoio de Vasco da Gama

Corinthians pede adiamento e recebe apoio de Vasco da Gama

Por Meu Timão

Corinthians tem jogo contra o Vasco um dia após o jogo da seleção

Corinthians tem jogo contra o Vasco um dia após o jogo da seleção

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians ganhou o apoio de um importante aliado para garantir o adiamento da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Vasco da Gama, adversário do clube alvinegro na ocasião, se mostrou aberto ao diálogo para uma possível troca na data da partida entre os times, marcada para 18 de novembro (quarta-feira).

“Vamos conversar. Até agora ninguém falou comigo”, resumiu Eurico Miranda, presidente da equipe carioca, que tratou de confirmar o local do confronto. “Será em São Januário”, acrescentou o cartola.

Conforme antecipado pelo MEU TIMÃO, o Vasco teria de enfrentar um dilema nas próximas semanas: apoiar o adiamento da partida contra o Corinthians ou correr contra o tempo para “reformar” São Januário, onde não atua desde a derrota por 4 a 1 para o Palmeiras, pela 15ª rodada, em 26 de julho.

A volta do clube ao estádio depende da aprovação do Corpo de Bombeiros – recentemente, a cúpula vascaína iniciou uma reforma para ampliar a capacidade total das arquibancadas. A proposta é que o local passe a receber mais de 20 mil vascaínos, cerca de 5 mil torcedores a mais que a amplitude atual.

A decisão do dirigente deve pressionar a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) a transferir o duelo com o Corinthians para o próximo dia 19 (quinta-feira) – a mudança foi solicitada pelo Timão, principal clube a ceder jogadores para os dois jogos da Seleção Brasileira contra Argentina e Peru, nos dias 12 e 17 de novembro, pelas Eliminatórias.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes