Elias relembra passagem de Ronaldo no Timão e trote de Pelé

Elias relembra passagem de Ronaldo no Timão e trote de Pelé

Por Meu Timão

Em 2009, Elias e Ronaldo levaram o Corinthians às conquistas do Paulistão e da Copa do Brasil

Em 2009, Elias e Ronaldo levaram o Corinthians às conquistas do Paulistão e da Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Elias aproveitou a experiência de um dos maiores jogadores da história do futebol em sua primeira passagem no Corinthians. Após participar do acesso da equipe alvinegra à Série A do Brasileirão, em 2008, o volante passou a conviver com Ronaldo Fenômeno, recém-contratado do Milan, da Itália. Em entrevista, ele relembrou o episódio em que foi vítima de uma brincadeira idealizada pelo então atacante.

“Foi logo quando ele chegou, a gente estava fazendo pré-temporada em Itu. Estava na mesa eu, Ronaldo, Douglas e Jorge (Henrique). Eu comentei: ‘Pelé é um fenômeno, mas mais habilidoso era o Maradona”, relembrou o camisa 7 em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil.

Dois dias após a “discussão”, a delegação alvinegra retornou a São Paulo para um jogo amistoso. Durante toda a viagem, Ronaldo permaneceu sentado à frente de Elias no ônibus. Após receber uma ligação, o atacante passou o telefone celular para o volante, afirmando que se tratava de um amigo.

“Aí começaram a aumentar, né? Falaram: ‘Pô, o Elias disse que o Maradona era melhor que o Pelé’ (risos). Aí num amistoso no Pacaembu, ele (Ronaldo): ‘Elias, tem um amigo que quer falar com você aqui’. Ele (Pelé): ‘O que você tá falando mal de mim aí no Corinthians? ’ (risos)”, disse em tom bem humorado.

“A gente é amigo até hoje, futebol é bom por causa disso. Ele te dá amizades sinceras, ele sempre me ajudou da melhor maneira, corrigiu algumas coisas que eu tinha e eu sou muito grato a ele”, afirmou o jogador do Timão, que revelou ter aprendido com a humildade de Ronaldo, eleito três vezes o melhor jogador do mundo pela FIFA.

“Ele mudou muitos conceitos que eu tinha sobre futebol, ele treinava pra caramba (sic), era muito profissional. Não reclamava de nada. Eu peguei a época do CT no contêiner. Eu falava: ‘Se o Ronaldo ta tomando banho aí, então eu vou tomar’”, finalizou.

Veja Mais:

  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes