Exagerado, Roberto de Andrade compara morte com Tite na Seleção: 'Espero que demore'

Exagerado, Roberto de Andrade compara morte com Tite na Seleção: 'Espero que demore'

Por Meu Timão

1.9 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Roberto de Andrade diz que torce por Dunga para não perder Tite no Timão

Roberto de Andrade diz que torce por Dunga para não perder Tite no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Perto de conquistar mais um título no comando do Corinthians, o técnico Tite vê, novamente, seu nome cada vez mais cotado para assumir a Seleção Brasileira. Preocupado em perder seu treinador, o presidente do Timão, Roberto de Andrade, falou sobre o assunto - e deu uma exagerada.

Roberto comparou o medo de perder Tite para o Brasil com a morte. Segundo ele, "todo mundo tem medo, mas vai morrer". Isso vale também para uma provável convocação do técnico para assumir a Seleção. Para evitar esse "medo", o mandatário diz que torce para Dunga e que espera que o dia de Tite demore.

"Não é medo, é uma coisa incontrolável, eu não tenho domínio sobre essa situação. É igual a morte, todo mundo tem medo mas vai morrer, então não adianta. Se isso acontecer, eu espero que demore. Hoje eu sou o maior torcedor do Dunga, torço dia e noite pra que dê certo, que goleie a Argentina, que todo mundo fale bem", declarou o presidente.

"Porque ele (Tite) vai resolver o problema da CBF e arrumar um problema no Corinthians e é o que eu não quero. Eu cuido do Corinthians, não da Seleção Brasileira. Você não pode impedir ninguém que vá ser o treinador da Seleção Brasileira, é o auge da carreira de todo mundo. É uma decisão exclusiva do Tite, se ele falar: ‘Quero ir pra Seleção’... Mas eu espero que o Dunga faça um bom trabalho, chegue à Copa do Mundo", finalizou Roberto, em entrevista ao SporTV.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes