Feliz e campeão, Jadson garante permanência: 'Não tem por que ir embora'

Feliz e campeão, Jadson garante permanência: 'Não tem por que ir embora'

Por Meu Timão

Jadson viu do banco de reservas o Corinthians fazer 6 a 1 no rival paulista

Jadson viu do banco de reservas o Corinthians fazer 6 a 1 no rival paulista

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Tido como um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro, o meia Jadson afirmou que não pretende deixar o Corinthians tão cedo. Após a goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo, neste domingo, na Arena Corinthians, o armador declarou que foi acolhido muito bem no clube e que o bom ambiente no vestiário e dentro das quatro linhas é primordial.

“Eu me sinto em casa, todos me acolheram muito bem. Não tem porque ir embora”, considerou o camisa 10, que comemorou a festa do título ao lado dos filhos Matheus e Miguel, de cinco e oito anos, respectivamente.

“Esse campeonato, nossa equipe fez um belo campeonato. Mesmo com as pessoas não acreditando no nosso potencial. Aos poucos fomos ganhando corpo e hoje tenho a oportunidade de ser campeão brasileiro pelo Corinthians. É um sonho realizado, só agradeço a Deus por conquistar esse sonho. O objetivo foi cumprido”, acrescentou.

Envolvido na troca com Alexandre Pato, hoje no São Paulo, Jadson viveu altos e baixos no Corinthians até assumir a titularidade no início de 2015. Sob o comando do técnico Tite, ele virou protagonista do meio de campo alvinegro, atual campeão brasileiro. Seu contrato, porém, vai até agosto de 2016.

“Como eu disse, tive que ralar muito esse ano pra conseguir alcançar meus objetivos. Estou muito feliz por esse momento aqui no Corinthians, ser campeão é indescritível. É o ápice de quando você está jogando, estou muito feliz e vou continuar trabalhando da mesma forma. Sempre confiei no meu futebol, mesmo as pessoas criticando”, disse.

No entanto, se engana quem acredita que o corinthiano não pensa nos objetivos do próximo ano. “O pessoal do Corinthians vai fazer um planejamento, a diretoria. Mas o importante é manter essa base, tanto os jogadores que estavam jogando quando os que esperaram. As coisas deram certo, acho que com entrosamento as coisas podem melhorar. A gente tem o objetivo de ser campeão, independente de qual competição seja. Mas a Libertadores é nosso próximo passo”, finalizou.

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes