Campeão com a base, Osmar Loss fala de recuperação e temporada vitoriosa

2.8 mil visualizações 28 comentários

Por Meu Timão

Osmar Loss voltou do Bragantino e conquistou mais um título no Timão

Osmar Loss voltou do Bragantino e conquistou mais um título no Timão

Meu Timão

A equipe alvinegra do Sub-20 não começou o ano sob o comando de Osmar Loss. Em meados de maio, quando o Timão estreava pela competição, o treinador ainda dirigia o Bragantino, como parte do acordo da parceria iniciada entre o Corinthians e o time do interior.

A ausência do treinador foi sentida, e o time não começou bem a temporada. Por isso, a conquista do título Estadual, na manhã deste sábado, foi ainda mais importante para a equipe. O título em plena Arena Corinthians, selou a recuperação da equipe.

"A gente não iniciou bem, eu até não estava presente no início da competição - eu e parte da comissão técnica estávamos na parceria com o Bragantino naquele momento. E desde a nossa volta a gente detectou que a equipe tinha perdido um pouco da essência da temporada passada, que foi o que tornou a equipe tão vencedora", considerou Loss.

"Eu acho que o elo de confiança nosso com os atletas e dos atletas com a nossa comissão técnica é que propiciou a gente a resgatar o que a equipe fez na temporada passada. Um time muito agressivo na forma de marcar, muito agressivo na transição", completou.

Apesar de ter vencido o Santos na partida de ida por 4 a 0, o Corinthians não conseguiu segurar o placar em casa, sofrendo uma derrota por 3 a 2 para o time da Vila Belmiro. No entanto, a sequência invicta do Timão Sub-20 chegou à 17 partidas - mesma marca atingida pela equipe profissional no Campeonato Brasileiro de 2015.

"E isso acho que foi o que fez a gente poder ter um crescimento na campanha, poder ter feito um placar no primeiro jogo da final tão elástico que nos dava uma certa segurança pra jogar hoje dentro da Arena. A gente não fica feliz por ter perdido o jogo, a gente gostaria de ter sido campeão com a vitória por que a gente ia ficar 18 jogos invictos, esse seria o décimo oitavo. Perdemos com o mesmo número que o profissional perdeu, um número meio emblemático", lamentou o treinador alvinegro.

Veja Mais:

  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x