Alexandre Pato é vaiado em seu último jogo no Morumbi

Alexandre Pato é vaiado em seu último jogo no Morumbi

Por Meu Timão

Pato tem 33 dias para ser vendido ou retornará ao Corinthians

Pato tem 33 dias para ser vendido ou retornará ao Corinthians

Foto: Reprodução

Após 21 meses da troca polêmica de Alexandre Pato e Jadson realizada por Corinthians e São Paulo, o lado alvinegro parece ter levado a melhor na negociação.

Vice-artilheiro do campeonato e líder em assistências, Jadson foi fundamental na conquista corinthiana do Campeonato Brasileiro. Por sua vez, Alexandre Pato chegou a fazer uma grande temporada, a melhor da sua carreira em número de gols, mas não caiu nas graças da torcida.

Neste sábado, o atacante fez sua última partida pelo São Paulo no Morumbi, foi vaiado ao ser substituído no segundo tempo e terminou assistindo o jogo no banco de reservas, na vitória por 3 a 2 contra o Figueirense.

Com poucos torcedores no estádio após a derrota de 6 a 1 para o Corinthians, gritos de "time sem vergonha" também chegaram a ser ecoados quando o clube perdia a partida no segundo tempo.

Ainda sem destino definido, Alexandre Pato terá que se apresentar no Corinthians no primeiro dia útil de 2016. Sondado por dezenas de clubes e sem nenhuma proposta oficial, o atacante tem chances de permanecer no Timão. Nesta semana, Tite elogiou o atacante e disse querer contar com Pato na próxima temporada.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes