Em busca de propostas, Pato viaja à Europa ao lado de empresário

Em busca de propostas, Pato viaja à Europa ao lado de empresário

Por Meu Timão

O destino de Alexandre Pato pode ser definido nos próximos dias. Após encerrar seu contrato com o São Paulo, o atacante viajou para a Europa ao lado de seu empresário, Gilmar Veloz, nesta segunda-feira.

O próprio jogador publicou uma imagem dos dois dentro do avião, com uma legenda simples, sem indicações do destino correto. As informação são de que ele teria desembarcado em Londres. O fato é que eles irão encontrar o agente Kia Joorabchian, que tem aval do Corinthians para negociar Pato com clubes estrangeiros.

Por enquanto, o jogador não recebeu nenhuma proposta oficial. Seu nome foi especulado no Barcelona, onde foi capa de um dos principais jornais, mas também tem sido cotado como reforço dos times ingleses, Tottenham e West Ham.

Só com sondagens, a diretoria alvinegra já trabalha com a possibilidade de contar com Alexandre Pato na pré-temporada em janeiro do ano que vem. O superintendente de futebol, Andrés Sanchez, já declarou que, se não for vendido, ele viaja com o grupo para os Estados Unidos.

O Corinthians é dono de 60% dos direitos econômicos de Pato e trabalha por uma proposta total de 25 milhões de euros (mais de R$ 100 milhões de reais na cotação atual).

Confira a publicação de Pato no Instagram

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Corinthians e Santos ainda não se enfrentaram em 2017

    FPF altera horário do clássico entre Corinthians e Santos na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes