Tite quer cumprir contrato, rejeita Seleção e projeta futuro no futebol italiano

Tite quer cumprir contrato, rejeita Seleção e projeta futuro no futebol italiano

Por Meu Timão

Tite garante que fica no Corinthians até dezembro de 2017

Tite garante que fica no Corinthians até dezembro de 2017

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Eleito o melhor treinador do Brasil, Tite, mais uma vez, descartou a possibilidade de deixar o Corinthians antes do fim do seu contrato para assumir a Seleção Brasileira.

"Nesse momento e nesse período de três anos, da minha parte, não. Eu tenho uma lealdade e uma gratidão à direção e ao presidente Roberto, que ficou três anos comigo sabendo o quão desgastante que é o trabalho do futebol. Sem falar do Andrés e das pessoas que me deram esse suporte para eu chegar onde cheguei. Se não tiver essa situação fora, não chega. Então, quero sim fechar essa etapa, e a partir daí eu penso", afirmou o treinador, em participação no programa Donos da Bola.

"Eu estou muito feliz no Corinthians. A etapa de construção e ser convidado já passou, é dar ao Dunga o tempo para fazer o seu trabalho. Todo mundo é sombra de todo mundo. Bons trabalhos e bons técnicos, todos são sombra de todos. É a lei do mercado. Ela vai ser uma relação mais íntima. Ela está em um processo de remontagem", completou, mas dessa vez em entrevista à Rádio Globo.

Tite assinou um contrato de três anos com o Corinthians e fica até dezembro de 2017. Depois disso, a Seleção não é sua prioridade. O técnico voltou a dizer que tem o desejo de comandar uma equipe da Itália.

"Uma equipe italiana eu penso, porque eu consigo entender o italiano, consigo falar um pouco e exercitando isso a gente consegue uma fluência na língua. Se não temos fluência na língua, não vai fazer o atleta compreender na hora do treinamento, aí não adianta", explicou, completando sobre sua opinião sobre a CBF e a Seleção Brasileira.

"A CBF é uma entidade privada, não sou eu que escolho, não é a pátria que escolhe, não é assim. Ela tem objetivos próprios, tem as pessoas que comandam, tem um núcleo que elege, eu não sou boneco para ser manipulado por essas situações. Ninguém entra assim, nós selecionamos os caminhos que a gente toma", finalizou.

Veja Mais:

  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar em escalação do Corinthians nesta quinta-feira

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de mais uma grande disputa do futebol mundial

    Arena Corinthians aparece em lista de prováveis sedes para finais da Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes