Jadson admite desejo de voltar à Europa e lista possíveis destinos

Jadson admite desejo de voltar à Europa e lista possíveis destinos

Por Meu Timão

Aos 32 anos, Jadson ainda sonha em jogar na Europa

Aos 32 anos, Jadson ainda sonha em jogar na Europa

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Destaque do meio-campo corinthiano nesta temporada, o meia Jadson não deve permanecer no Timão. Alvo do Tianjin Songjiang, da China, o jogador revelou que ainda tem vontade de atuar por clubes do Velho Continente. Em entrevista a um diário italiano, o camisa 10 afirmou que seu estilo de jogo se encaixa com o praticado no futebol da Espanha.

“Estou feliz no Corinthians, mas se uma grande oferta aparecesse (da Europa), eu não recusaria. Iria depender de como as coisas estivessem no momento. Quando eu disse não à China (no começo deste ano) foi porque não era o momento certo, se algo interessante surgisse hoje, poderia dizer 'sim'”, afirmou Jadson ao jornal Gazzeta Dello Sport.

A declaração acima foi dada dias antes do Tianjin Songjiang enviar uma proposta de cinco milhões de euros pelo meia. Conforme antecipado pelo repórter e colunista do Meu Timão, Marco Bello, Jadson já avisou amigos e parentes que aceitará o convite de Vanderlei Luxemburgo, técnico da equipe que disputa a segunda divisão chinesa.

Ainda sobre a possibilidade de vestir a camisa de um time da Europa num futuro próximo, o jogador foi sincero e exaltou a característica do Campeonato Espanhol. “Eu acredito que seria a Espanha, porque eles focam bastante em manter a posse de bola, mas eu poderia me adaptar a qualquer estilo de jogo”, acrescentou.

Questionado se tem o desejo de defender algum clube da Itália, Jadson não ficou “em cima do muro”. “Eu sempre acompanhei a Juventus. Ano passado, eles mereciam ter vencido a Liga dos Campeões, já que Carlos Tevez e Paul Pogba estavam jogando muito bem”, finalizou.

Recém-campeão brasileiro, o meia tem 32 anos e está vinculado ao Timão até agosto de 2016. Apenas 30% de seus direitos econômicos pertencem ao clube do Parque São Jorge. Caso aceite a oferta da China, o camisa 10 terá um salário de mais de R$ 1 milhão por mês – valor três vezes maior que o atual.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana é um dos principais jogadores do país em 2017

    Time espanhol trata Arana como prioridade e deve apresentar nova oferta para o Corinthians

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians há um ano para reforçar o Sporting, de Portugal

    Por momento ruim do Atlético-MG, Elias cogita retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes