Lucca diz que quer ficar no Timão e elogia Fiel, Tite e elenco alvinegro

Lucca diz que quer ficar no Timão e elogia Fiel, Tite e elenco alvinegro

Por Meu Timão

Lucca está feliz e não quer sair do Corinthians

Lucca está feliz e não quer sair do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Lucca foi um dos últimos jogadores a se juntar ao elenco campeão brasileiro do Corinthians. Torcedor do Timão desde a infância, o jogador afirmou que quer ficar no clube e que está muito feliz com a oportunidade.

"Pretendo continuar no Corinthians. Já deixei isso claro para o próprio clube paulista, para o Criciúma, que é dono dos meus direitos federativos e com o qual tenho contrato até dezembro de 2017, e também para meu empresário. Estou me sentindo muito bem por lá, estou adaptado à cidade de São Paulo e ao clube. Vamos disputar uma Copa Libertadores da América e esta será a chance de mostrar meu futebol em âmbito internacional. Mas, meu contrato com o Timão vai só até o final do campeonato paulista. Por isso, são necessárias negociações entre as duas agremiações – com intermediação do meu agente – para que eu possa continuar. A multa estipulada pelo Criciúma, antes do empréstimo para o Corinthians, era de 10 milhões de reais, no entanto, agora ela foi sensivelmente majorada", explicou Lucca, em entrevista ao jornal Surgiu, de Tocantins, sua terra natal.

"Estou feliz. Desde criança sou corintiano, e jogar no clube pelo qual sempre torci é uma realização", completou.

O jogador falou sobre o relacionamento com o técnico Tite e com os jogadores do elenco. Lucca chegou junto de Lincom, no último dia de inscrições para o Brasileirão. Ao contrário do campanheiro que atuou apenas 30 minutos, o jogador ganhou chances e marcou gols importantes.

"Tive muita sorte de ser visto pelo Tite, que se interessou pelo meu trabalho e solicitou minha contratação. Tive uma adaptação boa no Corinthians. O técnico é um cara simples, honesto, tranquilo e justo. Não tem panela no time dele: quem está bem joga. Eu entrei na equipe pelos meus próprios méritos, pois ele achou que eu estava desenvolvendo um bom trabalho, tanto tecnicamente e fisicamente, quanto taticamente. Ele merece, portanto, todo esse respeito que a mídia e todos os aficionados por futebol nutrem por ele", elogiou Lucca.

"Já os atletas do Corinthians são consagrados no futebol, entre outros, gente como o goleiro Cássio e o centroavante Vagner Love, que já foram campeões de vários torneios. Mas os caras são de uma tranquilidade e simplicidade impressionantes. O convívio com eles no dia a dia me fez perceber que o sucesso não lhes subiu a cabeça. Um clube grande como o Corinthians é diferenciado, do roupeiro ao presidente", completou.

Claro que os elogios também foram direcionados a torcida corinthiana. Lucca citou a experiência de um treino aberto na Arena Corinthians, com apoio da Fiel.

"A torcida, a chamada Bando de Loucos, é um caso à parte. Uma nação completamente apaixonada. Os atletas que ali chegam devem estar preparados por que não há em nenhum outro clube, tantas cobranças como no Corinthians. Para você ter uma ideia, a torcida lota estádio até para assistir treinamento tático", finalizou o jogador, demonstrando que está ansioso para que as férias acabem logo.

"Mas o que importa agora é que não vejo a hora de chegar o dia 6 de janeiro, quando começará a pré-temporada".

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes