Proposta do Schalke mexe com Renato Augusto; China também estaria interessada

Proposta do Schalke mexe com Renato Augusto; China também estaria interessada

Por Meu Timão

Renato Augusto pode ir para a China também

Renato Augusto pode ir para a China também

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians está fazendo o possível para manter o meia Renato Augusto em seu elenco. Mas a tarefa não será fácil. O interesse do Schalke 04 teria balançado o jogador e, para piorar, a China entrou na jogada.

Segundo o GloboEsporte.com, o Beijing Guoan estaria interessado em contratar Renato Augusto para a próxima temporada. Nenhuma das partes confirmam a investida, mas proposta seria na base dos milhões, assim como foi com Jadson, Elias e Vagner Love.

Além da China, o principal concorrente é o Schalke 04. O clube alemão está disposto a pagar o valor da multa, que gira em torno de 7 milhões de euros e tirar o jogador do Timão. A única chance de isso não acontecer é se Renato não quiser. O meia tem que querer aceitar a proposta, algo que pode acontecer por conta dos valores e pelo desejo de retornar à Europa.

Renato Augusto foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro nessa temporada. Em dezembro, declarou que não gostaria de deixar o Timão antes do fim da Copa Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes