Renato e Elias tem cinco dias para decidir futuro no Corinthians

Renato e Elias tem cinco dias para decidir futuro no Corinthians

Por Meu Timão

20 mil visualizações 106 comentários Comunicar erro

Renato e Elias podem deixar o Timão em 2016

Renato e Elias podem deixar o Timão em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O meia Renato Augusto e o volante Elias receberam um prazo da diretoria do Corinthians para decidirem se ficam ou não no elenco alvinegro em 2016. Com propostas de outros clubes, os dois precisam tomar uma decisão até o dia 6 de janeiro.

A diretoria espera que os dois se reapresentem junto do elenco do Timão no próximo dia 6, no CT Joaquim Grava. Até lá, um decisão precisa ser tomada. A informação é do Estado de S. Paulo.

O volante Elias recebeu uma proposta de R$ 40 milhões do Hebei China Fortune, da primeira divisão do futebol chinês. Além disso, o jogador pode receber um salário de cerca de R$ 3,3 milhões por mês.

Renato Augusto, por sua vez, despertou o interesse do Schalke 04, que estaria disposto a pagar a multa rescisória para ter o jogador em seu elenco. Além disso, um clube chinês também demonstrou interesse em contar com o jogador.

Todo o elenco alvinegro, já com os reforços como Alan Mineiro e Marlone, se reapresentam no dia 6 de janeiro, no CT Joaquim Grava. O atacante Alexandre Pato também deve ser juntar ao grupo.

Veja Mais:

  • Corinthians de Loss joga nesta quinta; Jadson é o artilheiro do Timão na Libertadores

    Corinthians de Loss enfrenta Millonarios e mira vantagens no mata-mata da Libertadores

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez apresentou Osmar Loss como substituto de Carille no Corinthians

    Saída de Carille do Corinthians é festejada por palmeirenses; veja tweets

    ver detalhes
  • Mantuan era o capitão de Osmar Loss na equipe Sub-20 do Corinthians

    Osmar Loss já comandou dez jogadores do atual elenco do Corinthians

    ver detalhes
  • Gil durante visita ao CT do Corinthians

    Zagueiro Gil visita CT do Corinthians e agita torcedores nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes