'Dirigente do DVD' nega que Internacional tenha oferecido mala branca ao Timão em 2009

'Dirigente do DVD' nega que Internacional tenha oferecido mala branca ao Timão em 2009

Por Meu Timão

Corinthians perdeu para o Flamengo em duelo realizado na penúltima rodada do Brasileirão de 2009

Corinthians perdeu para o Flamengo em duelo realizado na penúltima rodada do Brasileirão de 2009

Foto: Daniel Augusto Jr.

A revelação de que o Internacional teria oferecido dinheiro para o Corinthians empatar com o Flamengo em jogo válido pela penúltima rodada do Brasileirão de 2009, feita pelo goleiro Felipe na última quinta-feira, ganhou novo capítulo. Em reposta, Fernando Carvalho, vice-presidente de futebol do Inter na época, negou conhecimento de qualquer oferta de mala-branca durante sua gestão à frente do clube gaúcho.

"Da minha parte, não (houve oferecimento de mala branca). Não tenho conhecimento do assunto. Nunca ofereci mala-branca para nenhum clube enquanto estive no Internacional", afirmou.

A polêmica diz respeito ao jogo ocorrido no dia 29 de novembro de 2009, quando o Corinthians perdeu por 2 a 0 para o Flamengo, e o goleiro Felipe sequer saltou numa cobrança de pênalti batida pelos rubro-negros. Os cariocas disputavam a liderança com os colorados naquela altura do campeonato.

"Achei mesmo que ele (Léo Moura) fosse bater no meio. Juro por Deus. Igual aconteceu dois anos depois, com o Elano, que peguei o pênalti. Mesmo se tivesse pegado, não teria mudado nada. São Paulo tinha tomado quatro do Goiás. Flamengo foi campeão não porque ganhou do Corinthians. Se eu pegasse, ficaria 1 a 0. A gente tinha premiação muito boa do Internacional só para empatar o jogo. Não tem esse negócio de ter deixado", comentou Felipe.

Vale ainda lembrar que Fernando Carvalho, que negou o oferecimento de mala-branca ao Corinthians, é o pivô da polêmica do DVD envolvendo Timão e Internacional. Na ocasião da final da Copa do Brasil de 2009, quando o Alvinegro viria a derrotar os colorados, o então vice-presidente do clube gaúcho enviou imagens para a CBF alegando suposto favorecimento da arbitragem ao Corinthians ao longo do torneio. Desde então, os departamentos de marketing e comunicação do Timão utilizam o acontecimento para ironizar o rival do Rio Grande do Sul.

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini não poderá concorrer na eleição de fevereiro

    Citadini tem candidatura à presidência do Corinthians impugnada

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos está fora da primeira lista de inscritos do Timão para o Paulista

    Corinthians inscreve 27 jogadores no Paulistão; Fellipe Bastos e Giovanni ficam fora

    ver detalhes
  • Emerson Sheik está de volta ao Corinthians

    VÍDEO: Emerson Sheik está de volta ao Corinthians

    ver detalhes
  • Autor dos gols do título da Libertadores, Emerson Sheik está de volta ao Timão

    A casa torna! Corinthians acerta volta do atacante Emerson Sheik

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes