Reprovado na Ponte, Martinuccio pede ajuda do Timão para se recuperar

Reprovado na Ponte, Martinuccio pede ajuda do Timão para se recuperar

Por Meu Timão

Jogador está se recuperando no Corinthians

Jogador está se recuperando no Corinthians

Foto: Reprodução / Twitter

Mais uma vez o Corinthians será opção para um jogador que está se recuperando de problemas físicos. Nesta terça-feira, o argentino Alejandro Martinuccio procurou o clube e pediu ajuda para retomar sua forma física.

O meia foi reprovado nos exames médicos realizados na Ponte Preta, time que iria defender nessa temporada. Apesar do clube de Campinas oferecer sua estrutura para ele se recuperar, o jogador preferiu procurar o Timão.

Martinuccio já sabia que não seria aproveitado no elenco principal da Ponte e, assim que o time de Campinas anunciou a reprovação, ele publicou uma imagem se tratando no CT Joaquim Grava.

"Obrigado Joaquim Grava, obrigado Corinthians pela oportunidade de me recuperar", escreveu o meia. Ele também postou duas imagens com a camisa do Timão.

Martinuccio está sem jogar desde novembro de 2014. Nesse período, ele passou por cirurgias nas tíbias das duas pernas, retirou hastes nos locais machucados e iniciou a recuperação. Nos exames físicos no time de Campinas, ele não conseguia nem correr, segundo os médicos do clube.

Confira a publicação de Martinuccio no Twitter

Veja Mais:

  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Gabriel foi assunto no pós-jogo do Majestoso deste domingo

    Gabriel pede desculpas à torcida do São Paulo; Carille diz que chamará atenção do volante

    ver detalhes
  • Gol - São Paulo 1x1 Corinthians - Brasileirão 2017

    VÍDEO: Gol - São Paulo 1x1 Corinthians - Brasileirão 2017

    ver detalhes
  • Clayson foi protagonista de empate do Timão fora de casa

    Clayson sobre o gol contra o São Paulo no Morumbi: 'Foi o mais importante da minha carreira'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes