Janela de transferência da China ameaça Corinthians por mais um mês

Janela de transferência da China ameaça Corinthians por mais um mês

Por Meu Timão

5.8 mil visualizações 54 comentários Comunicar erro

Elias também esteve perto do futebol chinês

Elias também esteve perto do futebol chinês

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Após aterrorizar a Fiel Torcida em janeiro, o mercado chinês ainda ameaçará os torcedores por mais algum tempo. Com fechamento da janela de transferência marcado para o dia 25 de fevereiro, os chineses ainda tem um mês para contratar jogadores do futebol brasileiro.

Desde o início da "debandada", o Corinthians já perdeu Ralf, Jadson, Renato Augusto e Gil para o futebol asiático. E ainda corre risco de perder o jogador Elias, já que rumores recentes afirmam que os chineses entregaram nova proposta pelo volante.

Além dos que foram para a China, o Corinthians também teve outros três jogadores: Edu Dracena, que foi liberado para o Palmeiras; Vagner Love negociadopara o futebol francês; e, por último o garoto Marciel, que fica um ano emprestado ao Cruzeiro, após ser envolvido em uma troca com Willians.

Confira os negócios do Timão com a China:

Jadson (R$6,5 milhões)

Renato Augusto (R$17,5 milhões)

Ralf (R$4,5 milhões)

Gil (R$39,5 milhões)

Total: R$68 milhões

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians tem opção para assistir ao jogo deste sábado ao vivo na televisão

    Confira como assistir ao jogo entre Corinthians e Vasco ao vivo na televisão

    ver detalhes
  • Destaque no Majestoso de sábado passado, Thiaguinho será titular diante do Vasco

    Com desfalques e dúvida na escalação, Corinthians recebe Vasco para 'jogo de seis pontos'

    ver detalhes
  • Roger não gosto de brincadeira feita por torcedor nas redes sociais

    Comparado com um cone, Roger se irrita e responde torcedor em rede social

    ver detalhes
  • Fiel vai apoiar o Corinthians em duelo decisivo pela permanência na Série A do Brasileirão

    Torcida do Corinthians garante mais de 32 mil ingressos para decisão contra o Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes