Segundo empresário, situação de Balbuena será resolvida até terça

Segundo empresário, situação de Balbuena será resolvida até terça

Por Meu Timão

36 mil visualizações 145 comentários Comunicar erro

Jogador pode ser reforço para a zaga do Timão

Jogador pode ser reforço para a zaga do Timão

Foto: Reprodução / Ultima Hora

O Corinthians pode ter um novo reforço para a zaga até a próxima terça-feira. Segundo o empresário de Fabián Balbuena é esse o prazo para que sua situação com o Timão seja resolvida.

Renato Bittar, responsável pela carreira do jogador paraguaio, confirmou que o Corinthians fez proposta pelo jogador.

"Recebemos uma proposta do Corinthians pelo Balbuena e devemos resolver tudo entre segunda e terça-feira", afirmou Bittar, em entrevista à Rádio AM 1080, do Paraguai.

O empresário ainda disse que a proposta do Timão é por 100% dos direitos econômicos do jogador do Libertad. Mais cedo um jornalista especializado no clube, Kevin Daniel, afirmou que o negócio estava quase certo e só estava esperando a definição da forma de pagamento.

A diretoria do Corinthians tinha a meta de contratar um meia, um atacante e um zagueiro para fechar o elenco. Após a contratação de André e Giovanni Augusto, só falta o zagueiro. Balbuena pode ser a opção para substituir o zagueiro Gil, que acertou sua transferência para a China.

Veja Mais:

  • Jogadores comemoram com Jadson gol do Timão na Arena Condá

    Corinthians marca no fim, vence Chapecoense e está na semifinal da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Corinthians e Flamengo duelarão por vaga nas finais da Copa do Brasil

    Corinthians e Flamengo se enfrentam nas semifinais da Copa do Brasil; veja quem já está classificado

    ver detalhes
  • Douglas foi um dos titulares do Corinthians nesta quarta-feira

    Corinthians volta à semifinal da Copa do Brasil após nove anos

    ver detalhes
  • Visão do torcedor na Arena Condá antes da batida de Jadson

    Gol de Jadson contra Chapecoense foi o primeiro de falta do Corinthians em 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes