De volta à reserva, Edilson enaltece disputa com Fagner pela lateral direita

De volta à reserva, Edilson enaltece disputa com Fagner pela lateral direita

Por Meu Timão

2.0 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

De volta à reserva após período como titular, Edilson segue lutando por espaço

De volta à reserva após período como titular, Edilson segue lutando por espaço

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Após Fagner sofrer uma lesão na reta final do Campeonato Brasileiro, Edilson foi escalado por Tite para assumir a lateral direita e se manteve no time titular. Em 2016, no entanto, o paranaense não conseguiu manter a titularidade e viu seu companheiro de time retomar o posto. Apesar da mudança, o lateral mostrou entender a opção do treinador.

“O Tite deu a sequência como titular para mim no final (de 2015) porque eu estava bem. No começo do ano, pelo que o Fagner fez no ano passado e por ter saído por lesão, acho que por isso ele voltou com o Fagner”, afirmou Edilson, destacando a qualidade do companheiro e enaltecendo a disputa pela posição.

“Respeito total. Claro que todo jogador quer jogar, mas entendo. Entendo que estou disputando com um cara de alto nível e que também está bem. Então o que o professor decidir está decidido”, completou o jogador, em entrevista ao programa Cartão Verde, da TV Cultura, na última terça-feira.

Fagner vivia um grande momento até se machucar logo nos primeiros minutos da partida contra o Figueirense, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 28 de setembro. Após realizar exames, foi constatada uma lesão muscular na coxa direita, que o deixou de fora de cinco jogos do Corinthians na reta final da competição.

Ganhando a vaga enquanto enfrentava a desconfiança da torcida, motivada por falhas em jogos anteriores, Edilson se firmou no time mostrando boas atuações. Com a confiança de Tite, o lateral disputou as partidas que garantiram o título ao Timão.

Na primeira partida oficial de 2016, Edilson foi relacionado, mas não entrou em campo enquanto Fagner reassumiu a titularidade. Do banco de reservas, viu a equipe marcar nos acréscimos do segundo tempo para garantir a vitória sobre o XV de Piracicaba. Ao ser questionado se esperava que o Corinthians pudesse marcar no fim do jogo, o lateral não titubeou: “Claro, aqui é Corinthians!”

Veja Mais:

  • Corinthians conquistou o Paulistão-2018 em pleno Allianz Parque

    Corinthians conhece seu grupo no Campeonato Paulista de 2019; mata-mata terá VAR

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians tem 'pepino' de mais de R$ 21 milhões em 2018

    Déficit do Corinthians aumenta em 2018 e ultrapassa R$ 21 milhões; dívida total é de R$ 504 mi

    ver detalhes
  • Caio Mello, fisioterapeuta, antes de um dos jogos do Corinthians

    Reunião com Andrés define situação de membros da comissão técnica que discutiram publicamente

    ver detalhes
  • Jadson é o artilheiro do elenco em 2018, com 15 gols; é o que mais fez com Jair Ventura

    Jadson se torna artilheiro da era Jair Ventura; meia participou de 12 dos últimos 20 gols do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes