Meninas do Corinthians acompanham equipe masculina em Osasco

Meninas do Corinthians acompanham equipe masculina em Osasco

Por Meu Timão

2.0 mil visualizações 19 comentários Comunicar erro

Jogadoras acompanham duelo de clubes que formam parceria de sua equipe

Jogadoras acompanham duelo de clubes que formam parceria de sua equipe

Reprodução

Em campo, Corinthians e Audax se enfrentam em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista, nesta quinta-feira. Nas arquibancadas, as atletas do Corinthians Osasco Audax assistem ao duelo no Estádio Professor José Liberatti.

Se no futebol masculino Corinthians e Audax são adversários no campeonato estadual, no feminino as duas equipes firmam uma parceria e, juntos, disputam o Campeonato Brasileiro.
Atualmente, os dois clubes dividem estrutura e todas as despesas para a manutenção da equipe, que conta com atletas experientes e medalhistas olímpicas.

A parceria foi benéfica para ambas as equipes.Enquanto o Audax já tinha o time formado, mas não tinha vaga para disputar o Campeonato Brasileiro, o Corinthians tinha a intenção de voltar ao futebol feminino em 2016 e tinha direito de disputar a competição nacional por já disputar na categoria masculina.

Atualmente, a equipe ocupa a segunda colocação do Grupo 2 do Brasileiro, com uma vitória e um empate.

Veja Mais:

  • Corinthians de Clayson entra em campo neste domingo contra o São Paulo

    TV Globo transmite final entre Corinthians e São Paulo para dois estados do país

    ver detalhes
  • Carille comandou o último treino antes da final de domingo, contra o São Paulo

    Sem Urso e com jovens da base, Carille faz último treino e define relacionados para final

    ver detalhes
  • Há 16 anos, Fabinho era volante do Corinthians; hoje é auxiliar-técnico de Carille

    Do container à Disney, Fabinho relembra último título do Corinthians sobre o São Paulo no Paulista

    ver detalhes
  • Grite Corinthians: é a campanha que se espalha nas redes sociais entre internautas alvinegros

    Torcida do Corinthians tem até apoio de Casagrande contra gritos homofóbicos diante do São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes