Golaço de Marcelinho Carioca na Vila Belmiro completa 20 anos

Golaço de Marcelinho Carioca na Vila Belmiro completa 20 anos

Por Meu Timão

Há 20 anos, o meia-atacante Marcelinho Carioca marcou um dos gols mais bonitos que a Vila Belmiro já viu. O clássico entre Corinthians e Santos no dia 11 de fevereiro de 1996 foi marcado por muitas expulsões - quatro no total - e também pelos gols daquela tarde. O jogo era válido pela primeira fase do Campeonato Paulista.

O jogo começou totalmente conturbado para os corinthianos. Ainda no primeiro tempo, o zagueiro Henrique recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Aos 39 minutos, o Santos abriu o placar com Marcos Paulo. Dois minutos mais tarde foi a vez do Corinthians marcar, com Edmundo, que recebeu belo cruzamento de Marcelinho Carioca.

No entanto, a alegria de Edmundo não durou muito, já que nos momentos finais do primeiro tempo, o atacante também foi expulso de campo - após agredir o zagueiro Sandro. Ali o Timão ficaria com dois jogadores a menos.

Na segunda etapa, foi a vez do Santos ter dois atletas expulsos - Marcos Paulo e Jean foram para o chuveiro mais cedo. Com a partida aberta, já que tinha apenas 18 jogadores em campo, o meia Marcelinho protagonizou um dos grandes lances da história do futebol.

Na metade do segundo tempo, o atacante Tupãzinho deu passe para o camisa 7, que deu um chapéus espetacular nem Ronaldo Marconato, e para completar ainda chutou sem deixar a bola cair no gramado. O Timão não conseguiu segurar a vantagem, e viu o Santos empatar o jogo em cobrança de pênalti.

O rei do futebol, Pelé, estava no estádio e aplaudiu a pintura marcada pelo Marcelinho. O gol mais tarde renderia uma placa ao ídolo do Corinthians, sendo eternizado no estádio do Santos.

Relembre a pintura de Marcelinho Carioca

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Para presidente corinthiano, aporte da Crefisa no Palmeiras é 'ponto fora da curva'

    'Desleal', diz Roberto de Andrade sobre apoio da Crefisa ao arquirrival do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes