Depois de ataque de torcedores, Edílson apaga perfil em redes sociais

Depois de ataque de torcedores, Edílson apaga perfil em redes sociais

Por Meu Timão

102 mil visualizações 744 comentários Comunicar erro

Edilson desligou seu Instagram após comentários negativos dos torcedores

Edilson desligou seu Instagram após comentários negativos dos torcedores

Foto: Reprodução

Depois de ser atacado nas redes sociais por torcedores do Corinthians, o lateral-direito Edílson decidiu desativar o seu perfil do Instagram. O jogador ficou em evidência após um vídeo onde se dirigiu a um vlogueiro corinthiano, pedindo o fim das piadas com o seu nome.

O vídeo, mostra o momento onde o jogador encontra o youtuber Menino Mil Grau à caminho do ônibus da delegação corinthiana, no Chile. No vídeo, o atleta pediu respeito e o fim das brincadeiras que envolviam seu nome feitas pelo canal. O vlogger corinthiano filmou o pedido e mais tarde publicou as imagens.

Alguns dos seguidores do canal, acabaram usando o vídeo como motivo para perseguir o jogador, reforçando as ofensas que incomodaram Edilson. O jogador - que tinha o nick "edilsonoficial02" - acabou se decidindo por encerrar a sua conta. Oficialmente, o atleta ainda não se pronunciou a respeito.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians fez bela festa no Mineirão na primeira final da Copa do Brasil

    TV Globo transmite jogo entre Corinthians e Cruzeiro para três estados e DF; ex-Timão comentam

    ver detalhes
  • Pedrinho deve jogar aberto nesta noite; meia tem quatro gols em 52 jogos em 2018

    Com novidades na escalação, pressionado Corinthians revê Cruzeiro no Mineirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians promete comparecer em grande número na Fazendinha

    Corinthians anuncia ingressos esgotados para final sub-20 contra Palmeiras na Fazendinha

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes