Para Tite, gol de empate do Corinthians era 'inevitável'

Para Tite, gol de empate do Corinthians era 'inevitável'

Por Meu Timão

Treinador destacou bom desempenho do Corinthians no segundo tempo

Treinador destacou bom desempenho do Corinthians no segundo tempo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em desvantagem no placar, Tite via um Corinthians que, mais uma vez, apresentava problemas de entrosamento e tinha dificuldades para criar na partida contra o São Bento, nesta quarta-feira. Até que, no segundo tempo, André marcou um golaço, que garantiu o empate por 1 a 1 em Sorocaba. Para o treinador, o “gol inevitável” tira um peso das costas do atacante e é normal ainda existir uma apreensão pela falta de entrosamento do grupo.

"Tira o peso, tiro o peso da expectativa, da identificação. Tira o peso de dizer: ‘eu fui bem e fiz o gol’. Por vezes, a gente vê que não há entrosamento, o Lucca com Guilherme, não há. Isso é processo de construção, mesmo que eu fique ansioso, que chute o copinho (no banco). É inevitável. Fiquei muito contente porque a equipe procurou jogar futebol. As duas equipes, sem pancada... Foi inevitável o gol de empate”, explicou Tite.

O gol não só tirou o peso das costas de André, como também manteve a invencibilidade do Timão na temporada. Ao ser questionado se sentia-se aliviado com o gol que salvou a equipe da derrota, o treinador citou um comentário do ex-jogador William e destacou a evolução do time na segunda etapa.

“Às vezes não sei se é alivio, eu falo assim. Claro que a gente sempre olha pro resultado. Eu vi o William Capita fazendo um comentário muito inteligente. Desempenho bom não te assegura vitória... Jogar mal não te assegura que vai perder, mas ele te aproxima. Temos que olhar desempenho, tivemos um desempenho no segundo tempo muito bom”, concluiu Tite.

Com o empate, o Corinthians chegou aos 13 pontos e, além de liderar o Grupo D, se manteve como o melhor time do Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes