Rodriguinho pede fim de comparações com elenco 2015 e ressalta entrosamento atual

Rodriguinho pede fim de comparações com elenco 2015 e ressalta entrosamento atual

Por Meu Timão

Rodriguinho destacou o entrosamento da equipe

Rodriguinho destacou o entrosamento da equipe

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Apesar do desmanche sofrido no início da temporada e das mudanças na equipe, o Corinthians está conseguindo se manter invicto nesse início de ano. O meia Rodriguinho, um dos responsáveis pelos bons resultados, ressaltou o entrosamento da atual equipe e pediu o fim das comparações com 2015.

Após a vitória contra o Santa Fe, na noite desta quarta-feira, o meia afirmou que a equipe está se conhecendo e trabalhando para crescer.

"Primeiro que a gente está se conhecendo ainda, chegaram jogadores novos, é um começo de trabalho, uma reformulação. Lógico que tem muitos jogadores que ficaram, que estavam se adaptando ainda. Você não pode querer comparar uma equipe que estava muito tempo junta, do meio do final da temporada que a equipe conseguiu e entrosar. A gente quer crescer, lógico, mas estamos trabalhando pra isso", explicou o meio-campista.

O Corinthians jogou nove partidas oficiais nessa temporada, com sete vitórias e apenas dois empates, mantendo a invencibilidade no ano. O camisa 26 ressaltou a importância dos jogos sem derrotas para facilitar no entrosamento e na confiança da equipe titular.

"Isso que é importante. Todo mundo fala que a gente só esta ganhando nos últimos minutos. Sendo nos últimos minutos ou não, estamos ganhando jogos, ganhando confiança e vamos melhorar mais", disse Rodriguinho.

"O ritmo dos treinos, chegamos aqui e já sabemos a imposição que é feita pra se jogar aqui. Buscamos nos treinamentos fazer aquilo que a gente vem fazer no jogo, já traz uma questão muito boa pra que a gente de adapte a isso. A gente esta conseguindo, aos poucos a gente vai se entrosando cada vez mais", detalhou.

No próximo domingo, o alvinegro enfrentará o Santos na Vila Belmiro - a partida começa às 16h. Buscando preservar ao máximo os atletas, o técnico Tite ainda não definiu se vai ou não usar os titulares. O meia do Timão comentou sobre o próximo desafio do time.

"A moral está boa, mas a gente sabe que clássico é um jogo sempre complicado, ainda mais jogar na Vila, mais complicado ainda. Vamos ver quem o professor vai optar pra jogar e quem entrar vai estar preparado para fazer uma boa partida", completou Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Desde agosto no Leganés, Luciano atuou em 27 jogos e marcou quatro gols, um deles sobre o Real Madrd

    Com sondagens de México e Turquia, corinthiano Luciano tem semana decisiva na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes