Tite analisa derrota e projeta Cerro na Arena: 'Deve ser decidido dentro de campo'

Tite analisa derrota e projeta Cerro na Arena: 'Deve ser decidido dentro de campo'

Por Meu Timão

Tite afirma que a responsabilidade continua a mesma no próximo confronto apesar da derrota

Tite afirma que a responsabilidade continua a mesma no próximo confronto apesar da derrota

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com um gol no marcado no primeiro tempo e outras boas chances criadas, o Corinthians indicava que tinhas condições de vencer o Cerro Porteño fora de casa e disparar na liderança da Copa Libertadores. No entanto, duas expulsões prejudicaram o Timão, que não resistiu à virada. Encarando dois tempos distintos, Tite analisou o jogo e já projetou o próximo compromisso da equipe na competição, justamente contra os paraguaios, na semana que vem.

"Belo primeiro tempo, fazendo gol, criando oportunidades. Começou primeiro tempo assim, duas chances reais de gol. Tomou primeiro gol e a equipe em construção sentiu. Aí tivemos expulsões que determinaram volume e posse de bola do Cerro. Tentamos neutralizar. Esse foi o jogo até a segunda expulsão. Como ficamos com 9, tentamos montar estrutura para puxar contra-ataque, por isso entrada do Romero", explicou o comandante corinthiano, ressaltando a dificuldade de jogar com dois a menos.

"Em seguida fiz substituição para deixar três defensores, e aí tomamos mais um gol. Ficou difícil, mas nas bolas paradas conseguimos um gol. Mas ficou impossível", completou.

Corinthians e Cerro Porteño voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, desta vez na Arena Corinthians, em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos. Ao ser questionado se a responsabilidade aumentou para o próximo confronto por ter perdido nesta quarta, Tite disse que a importância da partida segue igual.

“Permanece a mesma responsabilidade. Se tivéssemos vencido, teríamos a mesma responsabilidade de jogar bem e vencer. Apenas pra ter um registro muito claro, independentemente dos erros, a responsabilidade passa a ser igual na quarta, com apoio do tocedor, jogando futebol, recebendo bem o Cerro, recebendo bem os jornalistas. Não fazendo do futebol uma guerra, não fazendo enfretamento de países, é o jogo de futebol que deve ser decidido dentro do campo”, concluiu.

Veja Mais:

  • Mesmo com Jô, Timão não foi páreo para Flamengo na tarde deste domingo

    Sonolento, Corinthians leva três no primeiro tempo e é derrotado pelo Flamengo

    ver detalhes
  • Após revés, Timão foi aplaudido por torcedores presentes na Ilha do Urubu

    Volante beira nota zero, e Giovanni é eleito o melhor do Corinthians em derrota

    ver detalhes
  • Danilo fica no Corinthians por mais uma temporada

    Carille confirma renovação do contrato de Danilo com Corinthians

    ver detalhes
  • Balbuena e Romero, os paraguaios do Corinthians

    Romero se torna o estrangeiro com mais jogos na história do Corinthians; Balbuena chega ao 100º

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes