Diretor do Corinthians manda recado à Conmbebol: 'Cuidado'

Diretor do Corinthians manda recado à Conmbebol: 'Cuidado'

Por Meu Timão

Eduardo Ferreira reclamou muito da arbitragem após derrota do Timão

Eduardo Ferreira reclamou muito da arbitragem após derrota do Timão

Foto: Meu Timão

Ao lado do técnico Tite e do coordenador técnico Alessandro, o diretor-adjunto de futebol do Corinthians, Eduardo Ferreira, também expressou sua opinião sobre a derrota para o Cerro Porteño na noite desta quarta-feira.

De maneira mais dura que seus companheiros, o dirigente reclamou da arbitragem da partida e falou sobre os lances de cartões amarelos.

"O Corinthians é um dos clubes que mais ajuda a Conmebol. Ela vem elogiando o clube dentro e fora de campo nos últimos dez anos, principalmente na época do título em 2012. Fomos elogiados pelos serviços prestados dentro e fora de campo. Cartões amarelos foram dados, principalmente no primeiro tempo, no modo que você via os jogadores do Cerro em lances parecidos e não recebiam cartões", explicou o diretor.

"No lance do André, um lance bobo, sem agressividade, tomou um amarelo que veio a prejudicar o segundo tempo", completou.

Por conta dessas reclamações, Edu Ferreira fez um pedido à Conmebol.

"Vamos fazer um apelo, a arbitragem tem que ter o mesmo critério para os dois lados. A gente pede para a parte que cuida da arbitragem, tomar cuidado, ter a atenção. Não ter dois pesos e duas medidas. Só isso que eu peço", pediu o direto.

"A Conmebol tem que ter essa atenção com a arbitragem, ter a mesma medida pra duas equipes", finalizou Edu.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes