Vice do Timão e chefe de gabinete de Andrés, Negão é levado pela PF para depor na Lava Jato

Vice do Timão e chefe de gabinete de Andrés, Negão é levado pela PF para depor na Lava Jato

Por Meu Timão

André Negão, Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Jorge Kalil: a cúpula que se elegeu no clube em 2015

André Negão, Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Jorge Kalil: a cúpula que se elegeu no clube em 2015

As investigações da Lava Jato, que puseram obras da Arena Corinthians em xeque na manhã desta terça-feira, parecem ter chegado à atual gestão do clube. O vice-presidente do Timão André Luiz de Oliveira, popularmente conhecido como André Negão, foi levado pela Polícia Federal em condução coercitiva também nesta terça para prestar depoimento. O Ministério Público especula que ele tenha recebido até R$ 500 mil de propina. Trata-se da 26ª fase da operação da PF, que tem como principal alvo a Odebrecht. A informação foi divulgada pela Folha de S. Paulo.

Além de fazer parte da chapa Renovação & Transparência, à frente do Corinthians desde 2007, André Negão é também chefe de gabinete de Andrés Sanchez, ex-presidente do clube e atual deputado federal. Tanto a chapa da situação quanto o ex-mandatário do Corinthians estiveram diretamente ligados à construção da Arena. Andrés inclusive era chamado de "homem-forte" do estádio.

Vale lembrar que o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, afirmou que a construção do estádio foi viabilizada com pagamento de propina pela construtora Odebrecht.

As investigações ainda estão em estado inicial. Por enquanto, a Arena Corinthians foi o único estádio cujos documentos da Odebrecht apontaram repasses ilegais. O desenrolar da Lava Jato, contudo, deve chegar em outros casos de propina envolvendo demais arenas da Copa de 2014. Segundo o procurador, "há indicativos de delações que ainda estão em andamento".

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes