Yago vê Felipe como exemplo e diz que vitória foi boa para 'pegar confiança'

Yago vê Felipe como exemplo e diz que vitória foi boa para 'pegar confiança'

Por Meu Timão

Yago (à dir.) em ação contra o Ituano; zagueiro elogiou trabalho de Felipe, convocado por Dunga neste sábado

Yago (à dir.) em ação contra o Ituano; zagueiro elogiou trabalho de Felipe, convocado por Dunga neste sábado

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O zagueiro Yago tirou boas lições da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Ituano, na noite deste sábado, na Arena. Para o defensor, titular durante os 90 minutos, o Timão está no caminho certo para recuperar o futebol apresentado no ano passado e, consequentemente, atingir o ápice da equipe na temporada.

“A gente costuma conversar antes das partidas que ainda não atingimos um nível de entrosamento, o ápice. A gente se dedica um pouco mais, ficamos um pouco concentrados. No meu modo de ver a equipe está em crescimento, em evolução. Temos muito a crescer ainda”, admitiu o camisa 3, que comemorou o gol nos minutos finais do embate.

“A gente sabe que Corinthians é isso. Sabemos que, se perder uma partida, já começamos a ficar pressionados. Hoje foi especial pra continuarmos pegando confiança e crescermos enquanto equipe”, acrescentou.

Já classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista, o Timão entrou em campo com força máxima diante do Ituano e foi superior – o goleiro Fábio, responsável por evitar os tentos alvinegros, viu os donos da casa acertarem três bolas na trave e uma no travessão. Já aos 44 minutos do período complementar, coube a Felipe selar o triunfo do Corinthians em Itaquera.

“A gente sabe que futebol tem 90 minutos. Se a gente fizer 1 a 0 no primeiro ou no último minuto vai valer os mesmos três pontos. O Tite sempre cobra concentração. Fomos coroados com o gol no final e todos estão de parabéns”, explicou Yago, que exaltou o companheiro de zaga, novo convocado do técnico Dunga para a Seleção Brasileira.

“A gente tem que pensar grande, sempre com o pé no chão, assim como o Felipe. Mas temos um exemplo próximo. Temos que trabalhar dia a dia e, quem sabe, ter a chance como ele”, completou.

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes