Em busca de titularidade, Luciano ressalta disputa saudável com André

Em busca de titularidade, Luciano ressalta disputa saudável com André

Por Lucas Mariano

Apesar de bom relacionamento com o companheiro de posição, Luciano quer colocar 'dúvida na cabeça de Tite' para ter mais espaço no Timão

Apesar de bom relacionamento com o companheiro de posição, Luciano quer colocar 'dúvida na cabeça de Tite' para ter mais espaço no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Luciano treinou entre os titulares nesta terça-feira e deve começar jogando na partida contra a Ponte Preta, nesta quarta. Será a sexta vez que ele entrará em campo na temporada – a quarta como titular. Ganhando a oportunidade de centroavante, o atacante destacou seu retorno após um período afastado por lesão e evitou falar muito sobre a fase de André, que ainda não engrenou com a camisa alvinegra.

“Acho que estou aqui para somar e ajudar a equipe. Estou voltando, fiquei muito tempo afastado, mas estou pegando o ritmo. O André é um excelente jogador, todos passam por isso. Acho que dentro de campo ele vai resolver. Mas estou tranquilo, quando chegar a oportunidade espero agarrar. Do meio para frente, onde me colocar, eu vou jogar”, disse o jogador, mostrando-se versátil e minimizando o período sem gols do companheiro de posição.

André atuou 11 vezes nesta temporada. Depois de marcar pela primeira vez contra o São Bento, no dia 24 de fevereiro, ele voltou a balançar as redes quatro jogos depois, contra o Cerro Porteño, no dia 9 de março. De lá para cá, foram três jogos como titular e nenhum gol marcado.

Luciano, no entanto, mostra não se preocupar com esses números e garante que, apesar de estar buscando a titularidade, a disputa segue saudável no ataque corinthiano.

“O André é um amigo que eu fiz, apesar do pouco tempo. Todos no ataque estão brigando. A gente se ajuda. Acho que isso vem com muito trabalho nosso. A gente procura olhar o André jogar, o Lucca, o Romero, para aprimorar e acrescentar algumas coisas no nosso futebol”, acrescentou o atacante, explicando o que definirá o titular na posição.

“Os dois sabem fazer gols. Acho que o que vai decidir é o dia a dia, o trabalho. É um amigo, mas vou sempre estar trabalhando para jogar e procurando marcar gols para deixar a dúvida na cabeça do Tite”, concluiu.

Veja Mais:

  • Carille vive dia complicado nesta sexta-feira

    Carille sofre perda familiar, e Corinthians se solidariza com nota de pesar

    ver detalhes
  • Corinthians segue líder, mas vê diferença para Grêmio diminuir

    Novidade no G6 e caça ao Corinthians: veja a classificação do Brasileirão após a 15ª rodada

    ver detalhes
  • Arena Corinthians deve receber grande público na partida entre Corinthians e Flamengo

    Corinthians já vendeu 25 mil ingressos uma semana antes de jogo contra Flamengo

    ver detalhes
  • Jadson ficará fora por cerca de um mês

    Elenco do Corinthians oferece oito jogadores para substituir lesionado Jadson

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes