Em busca de titularidade, Luciano ressalta disputa saudável com André

Em busca de titularidade, Luciano ressalta disputa saudável com André

Por Lucas Mariano

3.5 mil visualizações 76 comentários Comunicar erro

Apesar de bom relacionamento com o companheiro de posição, Luciano quer colocar 'dúvida na cabeça de Tite' para ter mais espaço no Timão

Apesar de bom relacionamento com o companheiro de posição, Luciano quer colocar 'dúvida na cabeça de Tite' para ter mais espaço no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Luciano treinou entre os titulares nesta terça-feira e deve começar jogando na partida contra a Ponte Preta, nesta quarta. Será a sexta vez que ele entrará em campo na temporada – a quarta como titular. Ganhando a oportunidade de centroavante, o atacante destacou seu retorno após um período afastado por lesão e evitou falar muito sobre a fase de André, que ainda não engrenou com a camisa alvinegra.

“Acho que estou aqui para somar e ajudar a equipe. Estou voltando, fiquei muito tempo afastado, mas estou pegando o ritmo. O André é um excelente jogador, todos passam por isso. Acho que dentro de campo ele vai resolver. Mas estou tranquilo, quando chegar a oportunidade espero agarrar. Do meio para frente, onde me colocar, eu vou jogar”, disse o jogador, mostrando-se versátil e minimizando o período sem gols do companheiro de posição.

André atuou 11 vezes nesta temporada. Depois de marcar pela primeira vez contra o São Bento, no dia 24 de fevereiro, ele voltou a balançar as redes quatro jogos depois, contra o Cerro Porteño, no dia 9 de março. De lá para cá, foram três jogos como titular e nenhum gol marcado.

Luciano, no entanto, mostra não se preocupar com esses números e garante que, apesar de estar buscando a titularidade, a disputa segue saudável no ataque corinthiano.

“O André é um amigo que eu fiz, apesar do pouco tempo. Todos no ataque estão brigando. A gente se ajuda. Acho que isso vem com muito trabalho nosso. A gente procura olhar o André jogar, o Lucca, o Romero, para aprimorar e acrescentar algumas coisas no nosso futebol”, acrescentou o atacante, explicando o que definirá o titular na posição.

“Os dois sabem fazer gols. Acho que o que vai decidir é o dia a dia, o trabalho. É um amigo, mas vou sempre estar trabalhando para jogar e procurando marcar gols para deixar a dúvida na cabeça do Tite”, concluiu.

Veja Mais:

  • Balbuena segue sem estender vínculo com o Corinthians

    Corinthians aciona Vampeta para tentar ajudar na renovação de Balbuena; clube se pronuncia

    ver detalhes
  • Vilson está afastado dos gramados desde março de 2017, quando passou por cirurgia

    Corinthians paga R$ 60 mil por atraso de 13 meses e quita dívida pela contratação de Vilson

    ver detalhes
  • Timão recebe o arquirrival Palmeiras na Arena neste sábado

    Torcida garante 33 mil ingressos para primeiro Dérbi de 2018; venda física começa nesta quarta

    ver detalhes
  • Ralf foi apresentado pelo Corinthians no início da tarde desta terça-feira, no CT

    Apresentado, Ralf fala em 'momento de Gabriel', mas avisa: 'Vou buscar meu espaço'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes