Corinthians deve aceitar proposta de R$ 30 milhões da Caixa, mas exposição será menor

Corinthians deve aceitar proposta de R$ 30 milhões da Caixa, mas exposição será menor

Por Meu Timão

Exposição da Caixa no Corinthians deve diminuir em 2016

Exposição da Caixa no Corinthians deve diminuir em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians de fato se reaproxima de um novo patrocínio com a Caixa. O banco estatal selaria acordo de um ano com o clube e pagaria os mesmos R$ 30 milhões da temporada passada. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Desde vez, contudo, a exposição da marca seria menor. O Corinthians estamparia apenas o peito de seu uniforme com o logotipo do banco. Até o início desde ano, a Caixa também marcava presença nas costas da camiseta.

Outras contrapartidas da parceria devem ser tiradas da Caixa. O banco recebia ingressos e brindes, além da exposição de sua marca em placas publicitárias do centro de treinamento do Corinthians.

No último mês de fevereiro, Corinthians e Caixa encerraram a parceria que durava desde o fim de 2012. O banco ofereceu os mesmos R$ 30 milhões pela renovação, e o Timão exigiu R$ 40 milhões alegando ter ofertas similares de ao menos outras duas empresas.

Veja Mais:

  • Com contas aprovadas, Roberto de Andrade evitou novo processo de impeachment

    Em votação tensa, gestão de Roberto de Andrade tem finanças aprovadas por Conselho do Corinthians

    ver detalhes
  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Inaugurada em 2014, Arena tem custo total avaliado em R$ 1,6 bilhão

    Corinthians foi omisso com projeto da Arena, aponta auditoria

    ver detalhes
  • Arana se tornou um dos destaques do Corinthians nestes primeiros meses de 2017

    Sondagens da Europa, canetas e rótulo de 'melhor lateral de São Paulo': Guilherme Arana abre o jogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes