Corinthians deve aceitar proposta de R$ 30 milhões da Caixa, mas exposição será menor

Corinthians deve aceitar proposta de R$ 30 milhões da Caixa, mas exposição será menor

Por Meu Timão

21 mil visualizações 186 comentários Comunicar erro

Exposição da Caixa no Corinthians deve diminuir em 2016

Exposição da Caixa no Corinthians deve diminuir em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians de fato se reaproxima de um novo patrocínio com a Caixa. O banco estatal selaria acordo de um ano com o clube e pagaria os mesmos R$ 30 milhões da temporada passada. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Desde vez, contudo, a exposição da marca seria menor. O Corinthians estamparia apenas o peito de seu uniforme com o logotipo do banco. Até o início desde ano, a Caixa também marcava presença nas costas da camiseta.

Outras contrapartidas da parceria devem ser tiradas da Caixa. O banco recebia ingressos e brindes, além da exposição de sua marca em placas publicitárias do centro de treinamento do Corinthians.

No último mês de fevereiro, Corinthians e Caixa encerraram a parceria que durava desde o fim de 2012. O banco ofereceu os mesmos R$ 30 milhões pela renovação, e o Timão exigiu R$ 40 milhões alegando ter ofertas similares de ao menos outras duas empresas.

Veja Mais:

  • Fiel volta à Arena Corinthians na noite do próximo sábado; partida será contra o Paraná Clube

    Viagem ao Rio, sorteio da Copa BR e doze confrontos: todos os compromissos do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes