Tite explica situação de Elias e adia definição da equipe para véspera do clássico

Tite explica situação de Elias e adia definição da equipe para véspera do clássico

Por Meu Timão

Elias (à dir.) pode voltar ao time neste domingo, em clássico a ser disputado no Pacaembu

Elias (à dir.) pode voltar ao time neste domingo, em clássico a ser disputado no Pacaembu

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O volante Elias ainda não sabe se estará em campo diante do Palmeiras, neste domingo, às 16h, no Pacaembu. Recuperado de uma fissura na fíbula esquerda, o camisa 7 participou normalmente dos treinos com bola desta quinta e sexta-feira, mas pode ter o retorno aos gramados adiado. Quem explica a situação é Tite, que já tem uma “carta na manga” caso o meio-campista fique fora.

“O Rodrigo não pode ir para o jogo. Está impossibilitado. O departamento médico vai colocar para vocês (imprensa) depois. Elias e Maycon, eu defino amanhã. Possibilidade maior de Elias”, revelou o treinador corinthiano em entrevista coletiva no Pacaembu, palco do primeiro Derby da temporada.

Substituto de Elias, Rodriguinho apresentou dores musculares na manhã desta sexta e iniciou tratamento no CT Joaquim Grava. Sem o camisa 26, Tite terá de definir qual será o terceiro homem de meio de campo do Corinthians no clássico: Elias ou Maycon, promovido recentemente das categorias de base e bastante elogiado pela comissão técnica alvinegra.

“Sei que tem o peso do nome, mas sempre me pautei pelo momento. Momento é fundamental. Elias poderia estar no banco na quarta (contra a Ponte Preta), mas ficou fazendo um trabalho. Ainda não está nas suas condições ideais. Agora, o tempo e as reações amanhã teremos condições de definir”, ressaltou o comandante.

A ideia de Tite é preservar a competição entre os próprios jogadores dentro da equipe. Como Maycon tem se destacado, a escalação de Elias ainda é incógnita, apesar de estar 100% recuperado de contusão e ter participado da atividade técnico-tática desta sexta. Receoso quanto à situação, Tite fez um alerta.

“Eu prefiro ter todos bem que eu fico com a responsabilidade de escalar, que mantenham o nível alto, que sejam leais. Que saibam absorver a opinião de vocês (imprensa), sem deixar a vaidade deixar interferir no desempenho de cada um”, completou.

Veja Mais:

  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes