Atraso para início do tour gera reclamações da torcida e atrapalha loja da Arena Corinthians

Atraso para início do tour gera reclamações da torcida e atrapalha loja da Arena Corinthians

14 mil visualizações 148 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians poderia receber turistas para tour em dias sem jogos

Arena Corinthians poderia receber turistas para tour em dias sem jogos

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

A Arena Corinthians está prestes a completar dois anos de funcionamento. Desde então, a Fiel vive a expectativa de uma espécie de tour a exemplo do que acontece nos principais estádios da Europa e de demais países da América do Sul. Mas nem mesmo os inúmeros pedidos de torcedores e os questionamentos dos responsáveis pela loja da Nike na casa do Timão evitaram que o início das visitações pagas chegasse ao quinto mês de atraso.

O planejamento de abrir as portas da Arena e assim ganhar mais uma fonte de renda estava travado por conta das obras inacabadas da Odebrecht. A construtora, no entanto, anunciou o término da construção no fim de setembro de 2015. A partir de então, o presidente do clube, Roberto de Andrade, prometeu iniciar o tour "em no máximo 30 dias". Tal previsão casava com a data de inauguração da megaloja da Nike no prédio Oeste do estádio.

Nem a loja nem a torcida, no entanto, contam com a visitação até o momento. Torcedores utilizam as redes sociais para cobrar o Corinthians e Arena (veja tweets abaixo). Já os responsáveis pelo estabelecimento de vendas entram em contato ao menos uma vez por mês com pessoas ligadas ao estádio para saber acerca do andamento das negociações com a empresa que deverá cuidar do tour.

Em conversa com o Meu Timão, Roger Reis, sócio-operador da loja, alegou ouvir do Corinthians desde o início de novembro que o tour "está na fase final de assinatura de contratos". Em contato com responsáveis pela Arena, a reportagem ouviu, nesta segunda-feira, dia 4, discurso semelhante.

"Ainda não conseguimos responder as suas perguntas, pois os detalhes do tour estão em fase final de definição", escreveram os responsáveis pelo estádio via e-mail, se referindo a questionamentos referentes à previsão de início do tour e ao preço que deverá ser cobrado.

"Tenho certeza que quando começar o tour as vendas em dias que não há jogos vão aumentar muito. Durante a semana em dia que não há jogos, realmente é fraco (o movimento na loja). Preciso muito da visitação para movimentar esses dias", contou Reis.

Aberta há quase cinco meses diariamente das 10h às 18h (com horário especial em dias de jogos), a loja da Arena faz de 700 a 900 vendas nos dias em que o Corinthians joga. Em fins de semana e feriados sem partidas, os clientes costumam ser turistas que passam por Itaquera, atendendo de 50 a 120 clientes por dia. Durante a semana, contudo, as vendas despencam para 20 a 50 diárias. A quantidade de funcionários varia de 20 a 60 pessoas de acordo com a demanda do estabelecimento, que possui cerca de mil metros quadrados.

"Com o tour eu espero atender mais de 200 (torcedores) todos os dias, imaginando que compareçam no mínimo 300 visitantes todos os dias. E eu acho que isso é fácil de acontecer com uma arena linda, com um clube reconhecido mundialmente. Todo mundo quer conhecer a Arena, entrar no vestiário, tirar uma foto no gramado", disse o sócio-operador.

Ações como a iniciada na semana passada, na qual sócios-torcedores do programa Fiel Torcedor têm direito a 5% de desconto nas compras ajudam a incrementar as vendas em dias de jogo. A loja também construiu quatro quiosques divididos no setor Leste nos pisos inferior e superior. Torcedores dos setores Oeste e Sul têm de passar em frente à loja principal "obrigatoriamente" para terem acesso ao estádio.

Fato é que, o Corinthians vai tendo "prejuízo" enquanto demora para iniciar o tour. O crescimento no número de vendas da loja da Nike representaria lucro para o clube, haja vista que este ganha um percentual do que é comercializado. Ademais, haveria a renda oriunda da bilheteria. Para efeito de comparação, o Allianz Parque (inaugurado depois da Arena Corinthians) cobra R$ 40 de torcedores comuns e R$ 30 de sócios-torcedores para um tour com roteiro de gramado, vestiário, arquibancadas, camarotes e sala de imprensa.

Veja Mais:

  • Representantes do Corinthians posam para foto com a taça de Campeão Paulista na festa de encerramento do torneio

    Corinthians tem quatro na seleção do Paulista e Cássio ganha prêmio especial; veja como foi

    ver detalhes
  • Gustagol marcou quatro gols no Campeonato Paulista

    Gustagol celebra presença na seleção do Paulista, e nega incômodo com jejum de gols no Corinthians

    ver detalhes
  • Renê Jr volta a treinar no Corinthians

    Com reforço de ex-lesionado, Corinthians se reapresenta no CT após título paulista

    ver detalhes
  • André Luis durante treino no CT Joaquim Grava

    Primeiro reforço do Timão em 2019, André Luis deve se apresentar a time recém-criado nesta sexta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes