Em dois anos de Paulistão, Corinthians supera campanha do hexa brasileiro, mas não leva taças

Em dois anos de Paulistão, Corinthians supera campanha do hexa brasileiro, mas não leva taças

Por Meu Timão

Roberto de Andrade, bem como presidentes dos outros clubes, assinarem termo concordando com o regulamento da FPF

Roberto de Andrade, bem como presidentes dos outros clubes, assinarem termo concordando com o regulamento da FPF

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

No último sábado, o Corinthians encerrou de forma amarga mais uma participação de Campeonato Paulista. A derrota para o Audax nas penalidades seguida do empate por 2 a 2 no tempo normal foi motivo para jogadores e torcedores reclamarem do regulamento da Federação Paulista de Futebol. E a chiadeira tem motivo.

Levando-se em consideração os últimos dois anos de Campeonato Paulista, o Timão somou 24 vitórias, oito empates e apenas duas derrotas. O aproveitamento consolidado é de 78%, superior aos 71% que garantiram a liderança isolada do último Brasileirão e o hexa nacional ao Corinthians. Ainda assim, a equipe alvinegra saiu de mãos abanando nas duas edições do Estadual.

Tanto em 2015 quanto em 2016 o Corinthians foi eliminado sendo líder da classificação geral. Isso aconteceu porque não há vantagem de empate no jogo único disputado na fase semifinal. Assim, equipes com aproveitamentos inferiores, como Palmeiras e Audax, podem arrancar um empate em Itaquera e, nas penalidades, conquistar a vaga na final.

O regulamento da FPF, que desde 2014 prevê fase inicial de quatro grupos com cinco equipes em cada um, dá margem para que o melhor time não vença. A edição de 2017 terá menos equipes (ao invés de 20, serão 16) e, portanto, novo formato. A entidade ainda não divulgou as novas regras.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes