Jovem enganado na base do Corinthians, Alyson corre risco de perder casa e estuda largar o clube

Jovem enganado na base do Corinthians, Alyson corre risco de perder casa e estuda largar o clube

Por Meu Timão

Roberto de Andrade tem de lidar com 'caso Alyson' nos próximos dias

Roberto de Andrade tem de lidar com 'caso Alyson' nos próximos dias

Foto: Agência Corinthians

A denúncia de um suposto caso de estelionato nas categorias de base do Corinthians ainda dá o que falar. O caso foi revelado no último domingo e trata-se da venda superfaturada de 20% dos direitos do jovem Alyson, de 16 anos, pelo então gerente da base do Timão, Fábio Barrozo, ao empresário Helmut Niki em conluio com Júlio (sem sobrenome revelado), então agente do jogador. Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne, outro funcionário da agremiação envolvido no esquema, será investigado pelo Conselho. Em reportagem publicada pelo portal Lance! nesta segunda-feira, Wilson, pai do garoto, fez um apelo diante das dificuldades financeiras em que a família se encontra.

"Dia 6 terei que entregar a casa, pois o dono pediu. O Julio abandonou tudo, a gente está passando por um momento difícil, cara. É só o menino (Alyson) que trabalha, ele cuida de tudo, é o homem da casa. Estamos passando um apuro que não gostaríamos", disse Wilson, pai do jovem.

"Entramos em uma furada sem saber de nada, agiram pelas nossas costas. Nem imaginava que poderiam estar ganhando dinheiro com o Alyson", completou.

A confusão que hoje tem como principal consequência as dificuldades financeiras da família de Alyson também podem afetar diretamente o Corinthians. Jailton Lopes, empresário que se juntou ao jogador após o vazamento interno das irregularidades, declarou que nem ele nem o próprio atleta têm interesse em assinar um contrato profissional.

"O Corinthians não nos procurou para profissionalizar o menino agora que ele fez 16 anos. Estamos esperando uma posição. Na verdade, queremos a liberação. A família não quer mais seguir no clube por conta dessa situação instável causada por maus gestores", alegou.

"A diretoria não fez absolutamente nada quando recebeu essas denúncias, não deu um suporte ao Alyson. O menino ficou totalmente à deriva. Quase destruíram um garoto, um craque", finalizou.

A diretoria do Corinthians, apesar de ainda não se manifestar oficialmente sobre o assunto, já demonstrou nos bastidores interesse em segurar Alyson nas categorias de base do clube. Uma reunião entre dirigentes e o novo empresário do atleta deve ser marcada para os próximos dias.

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes