Elias cita campanha de campeão inglês para elogiar Nacional

Elias cita campanha de campeão inglês para elogiar Nacional

Por Meu Timão

Elias deverá estar em campo nesta quarta-feira, diante do Nacional, pelo jogo de volta das oitavas da Liberta

Elias deverá estar em campo nesta quarta-feira, diante do Nacional, pelo jogo de volta das oitavas da Liberta

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Adversário do Timão nas oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Nacional (URU) terá de conquistar uma vitória dentro da Arena Corinthians se quiser avançar às quartas. Para Elias, o empate sem gols em Montevidéu não diminui o poderio oferecido pela equipe uruguaia, que, visão do volante, competiu de igual para igual com o Corinthians no duelo de ida.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira à tarde, após o treinamento do elenco em Itaquera, Elias ressaltou a qualidade do Nacional e citou a campanha intocável do Leicester City, que se sagrou campeão da Premier League 2015-16 após o vice-líder Tottenham ficar no 2 a 2 com o Chelsea, em Stamford Bridge, no início desta noite. O título dos Foxes acontece seis após o clube ser rebaixado à terceira divisão do futebol inglês

“Acho que a evolução do futebol é notável em todo o mundo. As equipes estão aprendendo a se defender mais. É a globalização do futebol. Vemos o Leicester perto do título. Todo mundo aprendeu a jogar, a marcar”, afirmou o volante. “Todo muito esperava uma partida ríspida contra o Nacional, mas foi competitiva e leal. Ao meu ver, foi leal”.

O Corinthians enfrenta o oponente uruguaio às 21h45 desta quarta, na Arena, precisando de uma vitória simples para obter a classificação. Ciente do desafio, Elias deixou de lado o fato de o Timão ser eficiente em torneios de pontos corridos, mas obter pouco sucesso em confrontos de mata-mata – somente em 2015, a equipe alvinegra foi eliminada da Libertadores e da Copa do Brasil.

“Temos que deixar isso de lado. Uma hora vamos encaixar uma sequência de vitórias em mata-mata e todo mundo vai esquecer. Esperamos não levar isso para dentro de campo. Esperamos o apoio do torcedor porque sabemos que vai se rum jogo competitivo”, projetou o camisa 7.

“Às vezes até deixa de ser técnico, mas esperamos o apoio, como eles sempre nos deram nos jogos em casa”, finalizou.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Empresário do meia Pedrinho acusa empresa de assédio sobre o jogador dentro do Corinthians

    Portal revela denúncia de empresário de meia da base contra empresa de Garcia

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes