Ex-promessa da base completa primeiro ano como profissional e agradece Timão na web

Ex-promessa da base completa primeiro ano como profissional e agradece Timão na web

Por Meu Timão

59 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Matheus Cassini foi campeão da Copinha 2015 pelo Corinthians

Matheus Cassini foi campeão da Copinha 2015 pelo Corinthians

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians continuará a ser importante para Matheus Cassini. Tido como uma das principais revelações do clube nos últimos anos, o meia-atacante do Palermo, da Itália, está próximo de completar seu primeiro ano como profissional. Em uma de suas redes sociais, o jogador celebrou o feito na carreira e mostrou gratidão ao time que o projetou para o futebol.

“Agradeço a Deus pela minha primeira temporada como profissional, uma temporada de muito aprendizado, alegrias, tristezas, boas experiências, enfim um pouco de tudo. Mas acima de tudo, alegria por fazer o que eu mais amo. Agradeço ao Corinthians por ter me aberto as portas, e também ao Palermo pela recepção e pelo apoio quando precisei”, escreveu Cassini.

Campeão da Taça São Paulo de Futebol Júnior de 2015, Matheus foi vendido ao Palermo em julho por R$ 5,1 milhões. A diretoria do Timão, no entanto, teve direito a apenas 70% do valor (cerca de R$ 3,6 milhões). O restante foi repassado à Art Sports, empresa que agencia a carreira do atleta.

A negociação de Cassini para o Velho Continente gerou certa revolta em parte dos torcedores corinthianos. Visto como promissor, o então garoto de 19 anos deixou o Parque São Jorge sem nunca sequer ter estreado pela equipe profissional. Antes de definir sua transferência ao time italiano, chegou a se reunir com a diretoria alvinegra e até recebeu uma proposta de aumento, mas optou por seguir para o exterior com a promessa de jogar a primeira divisão do Campeonato Italiano – o Palermo terminou a temporada na 16ª colocação.

Ainda assim, Cassini recebeu poucas oportunidades e precisou mostrar seu valor na equipe B. No fim de janeiro, a fim de adquirir maior experiência, foi emprestado ao NK Inter Zapresic, da Croácia, onde ficará até o fim de junho. Seu contrato com o Palermo é válido até 30 de junho de 2020.

Cedo demais – O objetivo principal do trabalho das categorias de base de um time de futebol é formar atletas profissionais. Entretanto, sobretudo ao longo dos últimos anos, algumas promessas decidiram deixar o Corinthians em busca de valorização, seja dentro ou fora dos gramados. Em fevereiro, o Meu Timão relembrou casos semelhantes de jogadores que, então garotos, trocaram o processo de maturidade na equipe alvinegra pelo “sonho europeu”.

Veja a publicação de Matheus Cassini

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes
  • Arthur, agora ex-Corinthians, em ação contra o rival São Paulo; atleta está livre

    Corinthians dispensa atacante de 17 anos que marcou nove gols em 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes