Suspensão é revogada e Cuca comandará Palmeiras no clássico contra Timão

Suspensão é revogada e Cuca comandará Palmeiras no clássico contra Timão

Por Meu Timão

Técnico Cuca estará no banco de reservas do Palmeiras no Derby do próximo domingo

Técnico Cuca estará no banco de reservas do Palmeiras no Derby do próximo domingo

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Próximo adversário do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras conseguiu uma vitória parcial na Justiça. O clube alviverde arranjou efeito suspensivo da punição então aplicada ao técnico Cuca. Assim, o treinador está liberado para comandar a equipe no Derby do dia 12, bem como na partida contra o Flamengo, neste domingo.

Cuca havia levado dois jogos de suspensão por ter sido flagrado utilizando ponto eletrônico com sua comissão técnica na partida contra o Fluminense, em 20 de maio. Tal artifício é proibido pelo regulamento do Brasileirão.

"Essa merda que nem funciona. Se funcionasse teria alguma coisa. Fico sentido com isso. Se as coisas (recursos eletrônicos) não são permitidas para a arbitragem, de ter a visão da TV e voltar um lance, é permitido para pegar uma sonora e ser denunciado depois?", havia questionado o treinador ao ficar sabendo da punição do STJD.

Ao contrário de Cuca, os auxiliares Cuquinha e Alberto Valentim seguem suspensos. Um novo julgamento deverá ser agendado daqui no mínimo 15 dias para decidir a respeito da punição do treinador. Fato é que, contra o Corinthians, ele estará liberado para comandar a equipe.

Veja Mais:

  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes