Bruno Henrique vê Timão em ascensão e aposta em volta de 'encanto' da Fiel

Bruno Henrique vê Timão em ascensão e aposta em volta de 'encanto' da Fiel

Por Meu Timão

Bruno Henrique vê Derby de domingo como desafio a ser ultrapassado pelo Corinthians

Bruno Henrique vê Derby de domingo como desafio a ser ultrapassado pelo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Dos 34 jogos que disputou nesta temporada, o Corinthians perdeu apenas cinco. Ainda assim, as quedas no Paulistão e, sobretudo, na Copa Libertadores renderam críticas ao atual campeão nacional. Para Bruno Henrique, no entanto, o Timão “versão 2016” está em ascensão e pode, ao longo do Campeonato Brasileiro, recuperar o futebol que encantou o torcedor.

“Temos uma margem muito grande de crescimento e coisas que podemos alcançar dentro da equipe. Podemos alcançar a mesma qualidade do time do ano passado, podemos encantar o torcedor, estamos trabalhando para isso. Às vezes não vai ser na mesma formação do ano passado, mas temos tudo para crescer e brigar lá em cima, com um time forte e competitivo”, disse Bruno Henrique, em entrevista ao programa Seleção SporTV.

Com 13 pontos ganhos em seis partidas, o Corinthians é o líder do Brasileirão, à frente de Grêmio e Internacional. De acordo com o volante alvinegro, a campanha da equipe comandada pelo técnico Tite este ano é comparável à de 2015, quando o esquadrão liderado por Renato Augusto, Jadson e Elias ergueu o hexacampeonato com três rodadas de antecedência.

“Há uma semelhança, ano passado tivemos duas eliminações do mesmo jeito que tivemos esse ano. Ano passado, construímos aquele time fantástico ao decorrer do Campeonato Brasileiro. Foi ali que o nosso time encaixou, com cinco ou seis rodadas para acabar o primeiro turno. Foi aquele time que encantou todo mundo”, recordou.

Ciente dos desafios a serem percorridos pelo Corinthians, Bruno Henrique admite que o clube teve tropeços no começo da competição nacional – nos dois primeiros duelos, o Timão empatou com o Grêmio (0 a 0) e foi derrotado pelo Vitória (3 a 2), mas entende que o elenco se “reconstruiu”.

“Tivemos um início ruim, acho que fazia um tempo que nosso time não vencia, estava criando uma expectativa muito grande também, uma ansiedade até por parte da nossa equipe. Mas acho que a vitória veio num bom momento, o time se reencontrou, tivemos quatro vitórias e importantíssimas que deram mais confiança pra equipe. Mas o campeonato só está no começo ainda”.

O Corinthians agora se prepara para enfrentar seu maior rival, o Palmeiras, em clássico marcado para domingo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque. Aliás, o embate é uma oportunidade de o Timão mostrar o quanto evoluiu desde a eliminação precoce para o Nacional (URU), ainda na fase de oitavas de final da Libertadores.

“Domingo tem um clássico que vai medir a força da nossa equipe, o tamanho do crescimento que a gente está conseguindo. Tenho certeza que, se a gente fizer um bom jogo, vamos crescer cada vez mais”, finalizou.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes