Corinthians estuda 'brigar' com rivais por zagueiro semifinalista da Libertadores

Corinthians estuda 'brigar' com rivais por zagueiro semifinalista da Libertadores

Por Meu Timão

Mina pode deixar Del Valle neste meio do ano

Mina pode deixar Del Valle neste meio do ano

Foto: Divulgação

O Corinthians se movimenta nos bastidores para contratar um zagueiro. E o nome da vez é o do equatoriano Arturu Mina, de 25 anos. De acordo com o portal Goal Brasil, o beque do Independiente Del Valle foi oferecido à diretoria do Timão, que agora tem como próximo passo obter o aval de Cristóvão Borges para iniciar as negociações.

Mina é um dos destaques da surpreendente equipe equatoriana que está nas semifinais da Libertadores de 2016. O clube pede, em princípio 3 milhões de dólares (algo em torno de R$ 10 milhões). Trata-se de uma pedida considerada boa para o Corinthians, que vendeu Felipe ao Porto por R$ 24 milhões no início do mês.

Caso inicia a negociação, o Corinthians terá concorrência de ao menos dois clubes brasileiros. O Atlético-MG já conversa desde o mês passado com o Del Valle, apesar de não ter nenhum acordo já firmado. O Flamengo chegou a sondar Mina, mas o negócio parece não ter avançado.

Fato é que o Corinthians entende ser fundamental a contratação de um zagueiro. O nome de Alex, do Milan, ganhou forças no Parque São Jorge há um mês, mas a alta pedida salarial e o desejo do jogador de atuar no Santos pesaram contra. Naldo, do Sporting, também chegou a ser estudo pelo clube, mas o valor do negócio, estipulado em quase R$ 20 milhões, brecou a negociação.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes