Alessandro diz que Timão está atento no mercado e explica à torcida 'demora' para contratar

Alessandro diz que Timão está atento no mercado e explica à torcida 'demora' para contratar

Por Meu Timão

Alessandro tem buscado atender desejos de Cristóvão no Corinthians

Alessandro tem buscado atender desejos de Cristóvão no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O torcedor do Corinthians pode até reclamar da falta de reforços, mas, ao que tudo indica, o clube está se movimentando nos bastidores para ainda compensar a saída de jogadores do elenco hexacampeão brasileiro do ano passado. Ao menos é o que garante o novo gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes.

Em entrevistas publicadas pelo Globoesporte.com e pelo Lance! nesta terça-feira, Alessandro falou sobre a busca por novos jogadores no mercado da bola. O dirigente afirmou que os pedidos de Cristóvão Borges já estão sendo atendidos, ainda que em fase de monitoramento, mas evitou revelar nomes ou posições.

"Estamos bastante atentos, existe um canal de comunicação forte entre o treinador e a diretoria para que a gente traga melhorias ao elenco, mas não quero deixar de enfatizar o quanto temos um elenco qualificado, a prova disso é nossa posição na tabela (quarto no Brasileirão) mesmo com as mudanças que tivemos. As melhorias são naturais, o mercado não favorece tanto, não nos dá tantas opções do que a gente acredita que precisa", disse, ao Globoesporte.com.

"O Corinthians nunca parou e não vai parar, está atento, se mexendo, tendo reuniões, o torcedor pode ter a certeza. Se tiver possibilidade de reforçar e ajudar, isso será feito, com convicção e responsabilidade diante do que o presidente e o Cristóvão pensam", completou, ao Lance!.

Uma das principais reclamações da Fiel nas últimas semanas tem sido a sucessiva situação de monitoramento do clube: acha um jogador bom, seja para a zaga ou para o ataque, mas esbarra em altas pedidas e então desiste do negócio. Na visão de Alessandro, essa "demora" faz parte do planejamento de evitar negociações furadas.

"O cuidado de trazer um atleta tão rápido é o de errar. Sempre na necessidade você acaba se precipitando um pouco. Traçamos uma linha de calma. O torcedor às vezes gostaria de contar com esse ou aquele, mas a gente às vezes não consegue pela situação financeira ou porque ele já passou os sete jogos no Brasileirão, mas estamos monitorando para não perder oportunidades", explicou.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes