Atacante do Timão passa por cirurgia, mas não tem previsão de retorno aos treinamentos

Atacante do Timão passa por cirurgia, mas não tem previsão de retorno aos treinamentos

Por Meu Timão

Lucca não deve retornar tão cedo às atividades no CT Joaquim Grava

Lucca não deve retornar tão cedo às atividades no CT Joaquim Grava

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Lucca passou por uma cirurgia na tarde desta terça-feira, em São Paulo, após sofrer um trauma na boca durante o treinamento do período da manhã. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, o jogador tem previsão de alta ainda para esta terça.

Para a torcida e a comissão técnica, resta esperar. Isso porque ainda não há uma previsão de retorno de Lucca aos treinamentos do Corinthians. Questionado se o jogador perdeu dentes ou passou por algum problema mais grave, o clube disse não ter tais informações.

Chama atenção o fato de o desfalque de Lucca ter ocorrido no mesmo dia em que o Corinthians ficou sabendo da gravidade da lesão de Pedro Henrique, que se machucou na partida do último sábado, contra a Chapecoense.

Sem atuar na vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense por opção técnica, Lucca participou do treino com bola desta terça ao lado dos outros jogadores reservas. Em dividida com o lateral-esquerdo Guilherme Arana, o atacante levou uma joelhada acidental, e ambos tiveram de deixar o coletivo antes do previsto.

Veja Mais:

  • Renê Júnior está na mira do Corinthians para 2018

    Corinthians negocia com volante do Bahia como possível contratação para 2018

    ver detalhes
  • O GERENTE ENLOUQUECEU

    VÍDEO: Promoções do mercado da bola para 2018

    ver detalhes
  • Jô e Guilherme Arana estão na seleção da Bola de Prata

    Jô volta a falar do desejo de jogar Libertadores, mas não crava permanência no Corinthians

    ver detalhes
  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes