Corinthianos reclamam de mudança de jogo de sábado para segunda-feira

Corinthianos reclamam de mudança de jogo de sábado para segunda-feira

Por Meu Timão

Torcedores compraram ingresso para sábado, mas jogo será numa segunda-feira a noite

Torcedores compraram ingresso para sábado, mas jogo será numa segunda-feira a noite

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A torcida do Corinthians, que está animada com o retorno do time ao Pacaembu para a disputa de ao menos um jogo, não parece ter gostado nem um pouco da alteração da data desta partida.

O jogo contra o Cruzeiro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, previsto inicialmente para as 16h de sábado, dia 6 de agosto, foi transferido para as 21h de segunda-feira, dia 8. A justificativa da CBF é a existência de eventos de futebol dos Jogos Olímpicos na cidade de São Paulo no dia no qual a partida havia sido marcada inicialmente.

O problema é que o Corinthians, por meio do programa Fiel Torcedor, já havia iniciado a venda de ingressos para o duelo contra o Cruzeiro, que acontecerá no Pacaembu justamente por conta da Olimpíada (a Arena estará entregue ao Comitê Olímpico para a receber partidas de futebol dos Jogos).

Por meio das redes sociais, muitos torcedores do Timão reclamaram da alteração da data. Grosso modo, corinthianos que compraram bilhetes para sábado não podem comparecer ao Pacaembu na segunda-feira.

Veja a reclamação dos corinthianos no Twitter

Veja Mais:

  • Carlinhos está recuperado de cirurgia no púbis

    Artilheiro da Copinha faz primeiro treino no Corinthians após cirurgia

    ver detalhes
  • Arana tem sido um dos principais destaques do Corinthians no Paulistão

    Arana passa por tratamento após pancada e pode desfalcar Corinthians na quarta

    ver detalhes
  • Clayton assinou contrato na manhã desta segunda-feira

    Corinthians anuncia Clayton como novo reforço

    ver detalhes
  • Arena Corinthians receberá a volta das quartas, dia 8 ou 9 de abril

    Rodada confirma volta das quartas na Arena Corinthians e deixa rival à mercê da PM

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes