STJD denuncia Fagner por entrada em flamenguista

STJD denuncia Fagner por entrada em flamenguista

Por Meu Timão

Fagner pode ser punido por entrada em jogador do Flamengo

Fagner pode ser punido por entrada em jogador do Flamengo

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou o lateral-direito Fagner por um lance do jogo contra o Flamengo, no dia 3 de julho. O árbitro da partida, Heber Roberto Lopes, também foi denunciado.

O edital das denúncias foi divulgado na noite desta sexta-feira no site oficial da CBF. Os dois serão julgados pelo lance da entrada de Fagner por trás no jogador Ederson, do Flamengo. A suposta falta aconteceu no primeiro tempo da vitória do Timão por 4 a 0.

Com julgamento marcado para a próxima quarta-feira, às 18h, o lateral foi incluído no artigo 254 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) - praticar jogada violenta. A punição para estes casos pode ser de um a seis jogos de suspensão.

Já o árbitro, que assumiu que errou ao não dar falta depois do jogo, foi indiciado em dois artigos: o 259 - deixar de observar as regras da modalidade - e 266 - deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida,prova ou equivalente, ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar punição de infratores, deturpar os fatos ocorridos ou fazer constar fato que não tenha presenciado. Nestes casos, a pena varia de 15 a 365 dias e multas de R$ 100 a R$ 1.000,00.

Confira a denúncia divulgada pela CBF

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes