Corinthians faz campanha contra o machismo antes de jogo no Pacaembu

Corinthians faz campanha contra o machismo antes de jogo no Pacaembu

Por Meu Timão

Vítima de violência doméstica, Maria da Penha inspirou a lei e a campanha contra a violência doméstica

Vítima de violência doméstica, Maria da Penha inspirou a lei e a campanha contra a violência doméstica

Foto: Instituto Maria da Penha / Facebook

O Corinthians entra em campo com novidades na próxima segunda-feira, dia 8. No jogo que marca a volta ao Pacaembu serão distribuídas fitas com os dizeres #TireOMachismoDeCampo. A campanha é parte das comemorações de 10 anos da Lei Maria da Penha.

A iniciativa é uma parceria do clube com o Instituto Maria da Penha, e contará também com uma mobilização nas redes sociais do Timão. No vídeo, Maria da Penha Maia Fernandes, ativista que inspirou a criação da lei e outras mulheres corinthianas darão depoimentos sobre a questão da violência doméstica.

Além do vídeo e das faixas, a hashtag deve aparecer na camisa dos jogadores. A ação também deve seguir no intrevalo da partida, onde cinco voluntárias entrarão em campo com as faixas do movimentos. Vestidas com o tema da campanha, o grupo de mulheres quer chamar atenção para o machismo e a violência não apenas no ambiente familiar, mas também no próprio futebol.

Foi para este fato que Donato Votta, diretor Cultural e de Responsabilidade Social do clube chamou a atenção: "O Corinthians abre espaço para as mulheres passarem esse recado importante de que violência não é apenas agressão física e que sim, o mundo do futebol tem que rever algumas atitudes e deixar de fato o machismo fora de campo", afirmou em nota oficial.

Veja Mais:

  • Pablo voltou a sentir dores na coxa e precisou deixar o gramado quarta-feira

    Pablo é diagnosticado com lesão e se torna desfalque do Corinthians

    ver detalhes
  • Clayson pode ser titular contra o Fluminense, mas outros estão no páreo.

    Sem Carille, definição do time titular do Corinthians no Rio é adiada

    ver detalhes
  • Pablo para por até seis semanas no Corinthians

    Médico do Corinthians explica lesão de Pablo e nega relação com contratura

    ver detalhes
  • Carille vive dia complicado nesta sexta-feira

    Carille sofre perda familiar, e Corinthians se solidariza com nota de pesar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes