Malcom diz ter saído na hora certa e promete seguir na torcida pelo Corinthians

Malcom diz ter saído na hora certa e promete seguir na torcida pelo Corinthians

Por Meu Timão

Malcom sorri menos nos treinos na França do que fazia no Corinthians

Malcom sorri menos nos treinos na França do que fazia no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians - 29/1/16

Malcom não chegou a fazer um sucesso estrondoso em seus primeiros seis meses no Bordeaux, mas não se arrepende do momento em que resolveu trocar o Corinthians pelo clube francês. O atacante deixou o Brasil no início deste ano, apesar da tentativa do técnico Tite de segurá-lo, e julga ter tomado a melhor decisão.

“Eu achei que saí na hora certa, porque as oportunidades na vida podem chegar apenas uma vez e, depois, nunca mais. Estava bem, mas vai que no outro ano eu tivesse uma atuação abaixo. Pensei bem com meu empresário e com minha família. Sempre pergunto para eles porque nunca me precipito”, afirmou ao site da ESPN.

O garoto contou com a ajuda dos brasileiros Pablo e Jussiê para se adaptar rapidamente ao Bordeaux. Evitar os famosos vinhos da cidade, segundo ele, foi mais fácil do que se ajustar ao comportamento dos companheiros, bem mais frio do que o apresentado por seus colegas de Corinthians.

“No Brasil, a gente se cumprimenta mais de uma vez, brinca. Aqui, quando tem treino em dois períodos, você só fala oi uma vez, de manhã. Na segunda, não precisa”, gargalhou o atleta de 19 anos, em adaptação também dentro de campo. “Eles jogam com muita força e correm demais. Ganhei quatro quilos de massa muscular para aguentar os trancos e divididas.”

Mais forte e mais fluente no inglês, Malcom não deixou de ver os jogos do Corinthians. Ele assistiu a duas partidas no estádio de Itaquera, nas férias, e promete seguir de olho. “Torço e acompanho muito, sou corinthiano desde moleque. Tenho grandes amigos, como o Guilherme Arana, que joga comigo desde os dez anos de idade, e vou continuar torcendo”, prometeu.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes