Treinador comenta ausência de Fagner e chama torcida para Itaquera

Treinador comenta ausência de Fagner e chama torcida para Itaquera

Cristóvão Borges, em ação no treinamento desta quarta-feira

Cristóvão Borges, em ação no treinamento desta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Cristóvão Borges recebeu uma notícia inesperada nesta quarta-feira, véspera do duelo com o Sport. O lateral-direito Fagner, desfalque nas últimas partidas do Timão por defender a Seleção Brasileira, foi diagnóstico com uma infecção gastrointestinal e encaminhado ao hospital. Em entrevista coletiva após o treinamento da tarde, o treinador lamentou a ausência do titular da posição.

“Eu contava com o Fagner, ele não tinha participado dos jogos da Seleção. Com isso, sabíamos que o desgaste dele seria só pelo deslocamento, mas aí recebemos a informação da CBF que ele tinha passado mal e estava um pouco debilitado. Chegou aqui assim. Uma pena ele ficar fora do jogo”, lamentou Cristóvão Borges em entrevista coletiva.

Ainda assim, o problema do camisa 23 não tira o sono do comandante alvinegro. Ciente da evolução apresentada pelo Corinthians na estreia da Copa do Brasil, quando empatou por 1 a 1 com o Fluminense em Mesquita (RJ), Cristóvão espera que a partida diante do Sport marque o início de uma sequência de bons resultados em busca da liderança do Campeonato Brasileiro.

“Esperamos fazer um grande jogo. Estamos muito motivados, temos tido semanas boas de treinamento. A última partida teve indicações muito positivas, estamos acreditando que isso vai seguir numa crescente. Para isso se confirmar, precisa-se de vitórias para a equipe ganhar mais confiança ainda”, frisou o técnico, acrescentando ainda que as críticas não o abalam.

“Meu pensamento é uma coisa, a vida real é outra. Só vou me livrar das críticas quando acabar o campeonato, enquanto isso vamos trabalhando. Estou com muita esperança do que podemos fazer. Esperamos fazer um bom campeonato, a equipe se afirmar. É importante o apoio de todos. Amanhã é jogo em casa, nossa torcida vai estar lá e jogar junto, empurrar”.

Com duas mudanças na manga, Cristóvão Borges definiu nesta quarta, em treino fechado à imprensa, a equipe que pretende mandar a campo contra o Sport. Seis pontos atrás do Palmeiras, hoje na primeira colocação da Série A, o treinador corinthiano enxerga o embate como oportunidade para adquirir confiança e, enfim, despontar pelo bicampeonato consecutivo.

“Estávamos precisando consolidar a essência do nosso jogo, tem coisas em que somos muito bons, mas nem isso estávamos fazendo tão bem quanto no começo. Corrigimos, treinamos bem, a resposta foi boa. Fizemos um jogo que já demonstrou que é um caminho que nos leva a bons resultados. Tudo isso só se confirma com vitórias”, finalizou.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes