Rodriguinho não liga para desfalques do Santos: ‘Problema é deles’

Rodriguinho não liga para desfalques do Santos: ‘Problema é deles’

Por Meu Timão

Rodriguinho descartou vantagem com desfalques do rival, ressaltando foco da equipe no próprio trabalho.

Rodriguinho descartou vantagem com desfalques do rival, ressaltando foco da equipe no próprio trabalho.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Autor do primeiro gol do Corinthians na vitória de 3 a 0 sobre o Sport em casa, nesta quinta-feira, Rodriguinho comentou desfalques do próximo adversário da equipe, o rival Santos, e analisou o peso de uma vitória na partida. O clássico acontece neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time alvinegro encontrará um adversário com, pelo menos, três desfalques importantes em sua equipe. O meia Lucas Lima, o atacante Ricardo Oliveira e o lateral-esquerdo Victor Ferraz receberam seus terceiros cartões amarelos na competição nacional e estão fora do time santista para o confronto contra o Timão.

Quanto a isso, o meia Rodriguinho, em coletiva de imprensa concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, demonstrou não se importar muito com as baixas do adversário. Garantindo confiança, o jogador ressaltou que o foco do time alvinegro será o próprio trabalho e a busca por uma vitória fora de casa.

"Sim, são jogadores de qualidade, todos nós conhecemos, mas tenho certeza que os outros jogadores que vão entrar tentarão fazer o melhor. Temos que ficar espertos da mesma forma. O problema deles é deles, temos de focar no nosso trabalho, em como nossa equipe está se portando, querendo vencer... Assim poderemos fazer um bom jogo lá e seguir nessa evolução que a equipe vem tendo”, declarou o jogador.

O Corinthians, que conta atualmente com 40 pontos corridos na competição nacional, está consolidado como quarta melhor campanha na tabela, com quatro pontos a mais que o rival, que está na quinta colocação. Sobre o embate direto, Rodriguinho destacou a importância de uma vitória alvinegra, mas afirmou que não acha que a partida seja encarada como decisiva no campeonato.

"Necessidade de vencer temos sempre, mas não acho que esse jogo seja uma final de campeonato. Palmeiras joga fora, tem confrontos direto pela frente... Somar pontos será importante, vamos com o pensamento de não deixar os outros distanciarem e seguir lá em cima, pois queremos brigar pelo título”, argumentou.

O meia continuou avaliando as críticas que o time vem recebendo, por conta das oscilações de desempenho, ressaltando que o elenco deve lidar com isso respondendo em campo. O jogador destacou a possibilidade de título, já que a equipe alvinegra se encontra a seis pontos do líder da tabela, o rival Palmeiras.

“Críticas sempre vão existir, a gente tem que aprender a conviver com isso, são coisas que se falam, mas a equipe tenta demonstrar o contrário. Estamos no G4, a seis pontos do líder, tendo confronto direto, a possibilidade de título é muito real, temos que trabalhar em cima disso", avalia”, afirmou o meia corinthiano.

Quando questionado se Corinthians carrega um favoritismo diante de rivais, Rodriguinho concordou realçando a atitude perante as críticas. "Concordo, deixa todo mundo falar dos outros, vamos correndo aí por fora, vamos ver no que vai dar", finalizou.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes