Empresa aciona Corinthians por venda de Felipe ao Porto

Empresa aciona Corinthians por venda de Felipe ao Porto

Por Meu Timão

119 mil visualizações 119 comentários Comunicar erro

Hexacampeão brasileiro, Felipe deixou o Corinthians em junho

Hexacampeão brasileiro, Felipe deixou o Corinthians em junho

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Embora Felipe tenha deixado o Corinthians há cerca de dois meses, a transferência do zagueiro ao Porto (POR) avaliada em R$ 30 milhões ainda rende assunto nos bastidores do Parque São Jorge. Uma empresa entrou com uma ação na Justiça para ter acesso a todos os contratos firmados entre Timão e jogador, inclusive o da rescisão. A informação é do ESPN.com.br.

A Moraes & Gomes Serviços, sociedade empresarial limitada com sede na capital paulista, entende ter direito a parte da quantia embolsada pelo Timão com o negócio. De acordo com a publicação, a companhia possui vínculos antigos com o ex-defensor alvinegro e, portanto, tenta obter a permissão da Justiça aos documentos do clube.

O caso corre na 3ª Vara Cível do Foro Regional VIII, no bairro do Tatuapé, em São Paulo. A firma reivindica o “contrato acerca da venda concretizada e ocorrida por transferência internacional de Felipe ao Porto, sob pena à expedição de mandado judicial de busca e apreensão física da negociação de transferência, requisitando, se necessário, força policial”, diz trecho do ofício.

O departamento jurídico do Timão, no entanto, nega dever qualquer montante à Moraes & Gomes Serviços. “O Corinthians foi notificado sobre o caso e respondeu à empresa que ela não tem direito porque ela já não tinha mais vínculo com o jogador. Ela pode nos notificar judicialmente, mas não tem direito e essa é nossa resposta”, rechaçou Diógenes Mello, advogado da agremiação.

A juíza Amanda Eiko Sato, responsável pelo caso, indeferiu os pedidos de liminar de exibição de documentos em primeira instância, já que os mesmos são datados de 2013. A Moraes & Gomes Serviços não consta como contratante em nenhum outro contrato.

Recentemente vendido, Felipe pode render mais lucros aos cofres corinthianos em breve, além do valor arrecadado a partir de sua transferência. Isso porque, como forma alternativa de segurar o jogador e evitar uma curta passagem, o Porto estipulou uma multa rescisória de 50 milhões de euros.

Ou seja, tendo em vista que ainda é dono de 25% dos direitos econômicos do zagueiro, o Timão receberia uma quantia em torno de 12,5 milhões de euros, equivalente a R$ 48,7 milhões (na cotação atual), caso o atleta tenha seu passe comprado por outro clube.

Veja Mais:

  • Sidcley foi ao CT Joaquim Grava nesta quinta-feira

    Lateral do Atlético-PR é aprovado em exames médicos no CT do Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf deve ser um dos inscritos ainda na primeira fase do Paulista

    Quatro reforços e duas vagas: Corinthians deixará dois nomes fora da primeira fase do Paulistão

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar a casa corinthiana no primeiro Dérbi de 2018

    Torcida do Corinthians garante quase 40 mil ingressos para Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Romão e Carlinhos foram emprestados pelo Corinthians

    Corinthians empresta Carlinhos e Guilherme Romão para o Oeste

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes